Vanderbal Marinho destaca início da campanha de

 vacinação contra a gripe

 

O deputado estadual Vanderbal Marinho (PSC) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde dessa segunda-feira (23), para destacar o início da campanha nacional de vacinação contra a gripe. O parlamentar alertou que a campanha se estende até 1º de junho e que a vacina é importante para manter as pessoas imunizadas, chamando a atenção para o risco de uma pandemia de gripe mediante a proximidade de um inverno que, possivelmente, pode vir mais rigoroso. Vanderbal alertou que no século passado uma pandemia da gripe espanhola acometeu todos os continentes do globo quando morreram cerca de 50 milhões de pessoas porque não havia nenhum mecanismo de defesa.


 “Não foi uma epidemia, mas uma pandemia”, chamando a atenção para a gripe asiática e outras epidemias. O deputado ainda disse que “com o advento da vacina se mudou a história. Atualmente, apesar da tecnologia, a gripe pode ser um problema de saúde pública”.


O parlamentar destacou a importância de se promover a campanha de vacinação coletiva antes do inverno. “É o período em que o vírus se multiplica e se espalha rapidamente. A campanha deveria ter sido iniciada em 16 de abril, mas por questão de fabricação e logística foi transferida para o dia 23, mas ainda em tempo hábil para imunizar as pessoas. No hemisfério norte, aqui perto, o inverno chegou com força em todos os Estados Americanos. Eles enfrentaram um inverno rigoroso que serviu de alerta, porque nós não sabemos como será o nosso inverno”.


Vanderbal Marinho explicou que o objetivo da campanha de vacinação está em evitar a propagação do vírus e evitar as formas mais graves de complicações e internações, e até de mortes provocadas pela gripe. Estão aptas para serem vacinadas as crianças entre seis meses e cinco anos; pessoas a partir de 60 anos; trabalhadores da área de saúde; professores das redes pública e privada; mulheres gestantes e puérperas; indígenas; pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas); profissionais do sistema prisional; portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza.


Por fim, o deputado esclareceu a polêmica onde as pessoas temem ser vacinadas e contrair o vírus da gripe. “A vacina é segura e eficaz. Mesmo quando não consegue imunizar, ela torna a infeção mais branda, menos agressiva. E aquela história que tomou a vacina e teve gripe, isso não é verdade. A vacina é produzida a partir de um fragmento do vírus e não tem como causar a gripe. A pessoa acha que teve a gripe. Quando toma se protege contra o vírus influenza, mas não cobre contra o resfriado comum. Existem centenas de vírus que podem causá-lo”.


“A vacina deve ser anual porque o vírus sofre muitas mutações. As pessoas costumam confundir a gripe com o resfriado. Existem diferenças básicas. O resfriado chega lentamente, com sintomas localizados, com a garganta inflamada, febre baixa ou nariz obstruído. Já a gripe vem com mais intensidade e surge de forma abrupta. Ela tem sintomas mais generalizados em todo o corpo, com dores, calafrios, febre alta e muita indisposição que podem incapacitar os pacientes”, completou o deputado.

 
 
 
 

Empresas de construção conhecem obra da Construtora Impacto e enaltecem organização e qualidade

Obra do Villa das Flores é referência em construção industrializada

 

O diretor presidente da Construtora Impacto, Henrique Côrtes e os diretores de Planejamento e de Obras, Marcus e Daniel Rolemberg Côrtes, receberam representantes de Construtoras e empresas fornecedoras de materiais de construção civil de Sergipe e de outros estados para conhecer a obra do Villa das Flores, condomínio localizado no Bairro Porto Dantas, em Aracaju.

Foram apresentados aos visitantes, a eficiência na aplicação e organização da obra adotados pela empresa no processo de construção civil, sendo referência nacional. Logo, em seguida, os representantes percorreram o canteiro e ficaram entusiasmados com a primeira torre pronta em apenas 11 semanas, organização, limpeza e todo planejamento do empreendimento.

Para o diretor de Obras, Daniel Côrtes, a visita dos profissionais representa reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Impacto. “É uma grande satisfação receber os colegas e parceiros que se deslocaram de outros estados para conhecer a metodologia que adotamos na obra há quatro meses e que tem sido referência. Isso só demonstra que nosso trabalho está sendo bem feito e reconhecido. Além disso, é gratificante saber que a obra da Impacto está na capa do convite do Encontro de Parede de Concreto em São Paulo”, pontuou. “Estou encantada, pois estive aqui há quatro meses quando terminou a terraplanagem e início da primeira concretagem e o que vejo é uma organização linda, um canteiro de obra totalmente limpo, sem desperdício de material, que é primordial para o sistema industrializado. A obra está fantástica e estou maravilhada”, destacou a gerente da Coplas, Gisele Potada.

 


Na avaliação do gestor nacional da Astra, Cleverson Aislan Callera, a obra é um avanço na construção civil. “É uma obra muito industrializada. Percebi poucas pessoas no canteiro, economia de mão-de-obra, muita organização e celeridade, um verdadeiro avanço na construção civil”, pontuou.

“Temos visitado alguns empreendimentos no país que utilizam esse método construtivo para extrair a essência da produção de qualidade para habitações populares. É a primeira vez que venho à Aracaju e minha avaliação da obra é organização e ótimo layout”, disse o superintendente de projetos da empresa paulista HM Engenharia, Paulo Milan.

O diretor de obras da Construtora Celi, Carlos Roberto Barreto Gentil, elogiou o acabamento e parabenizou a empresa. “A obra tem uma excelente organização e, diante do que foi exposto, está cumprindo as metas que foram pré-estabelecidas. No tocante ao acabamento, posso dizer que o empreendimento tem os pré-requisitos que o mercado espera e está muito bem feito. A Impacto está de parabéns pelo resultado final, o que já esperava pelo nível da empresa”, enalteceu.

O sócio da Sygma Engenharia, Ary Fonseca, atribui o sucesso da obra à organização e determinação de mudança do diretor-presidente. “A empresa optou por um sistema construtivo que tem um nível maior de industrialização, o que facilita e potencializa a competitividade. A organização do trabalho, vontade da empresa, determinação de mudança de Henrique Côrtes e a dedicação de toda equipe em assimilar e ter a disciplina de colocar tudo em prática àquilo que foi planejado e combinado são o grande diferencial da Impacto”, apontou.

O engenheiro Marcel Nascimento explica um das técnicas que deu certo. “Com o sistema de parede de concreto conseguimos reduzir o prazo de conclusão de um prédio, período este significativo para a empresa. É um sistema fantástico, pois conseguimos em 11 semanas aprontar um prédio de quatro pavimentos, um tempo recorde. Se continuássemos com o método antigo a primeira torre ficaria pronta em oito meses e não 11 semanas”, ressalta.

Um dos pioneiros na engenharia em Sergipe e construtor de grandes obras na década de 50, João Machado Rollemberg demonstra entusiasmo com a técnica e rapidez do empreendimento. “Sou de uma época em que a construção civil não era avançada como hoje. Implantei o primeiro edifício de Aracaju em 1956 com 11 pavimentos, na época acreditavam que Aracaju não tinha solo bom, mas provei que poderia construir, lancei o projeto e tive sucesso, a exemplo de outras obras de minha autoria como o Hotel Palace. Vejo com muita alegria um grande passo na construção civil com novas tecnologias, equipamentos modernos e estrutura implantada no tempo recorde com precisão e pontualidade. Sessenta anos depois testemunho um grande avanço, como se fosse um vôo para a Lua”, disse.

Presenças: Paulo Tadeu Milan (HM Engenharia), Rodrigo Penha (HM Engenharia), Carlos Roberto Filho (Construtora Celi), Augusto Pedreira (Pedreira Engenheira), Leomax Fernandes dos Santos Filho (Delta Engenharia), Rafael Kleiton de Oliveira (SH Engenharia), Luis Claudio Monteiro (SH Engenharia), Rafael Oesterro Santos (SH Engenharia), Gisele Potada (Coplas), Fábio Barroso (Construtora Celi), Ary Fonseca (Sygma Engenharia), Cleverson Aislan Callera (Astra), Flávio Eduardo (Polimix) e Regis Fontenele (Polimix).

 
 
 
 

Polícia Federal abre concurso para

 500 vagas
 

 

O diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, autorizou a realização de concurso público para 500 vagas para as cinco carreiras policiais. De acordo com o órgão, o edital de abertura das inscrições, previsto para ser publicado em até seis meses, informará que para todos os cargos será necessário diploma de curso superior.

A portaria prevendo as novas vagas foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (20). Serão 150 vagas para o cargo de delegado; 60 para o cargo de perito criminal federal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agente de polícia federal.
Fonte: Agência Brasil

 
 
 
 

Governador garante apoio logístico para a 3ª edição

do projeto Ação Cidadã

 

O vereador Thiaguinho Batalha (PMB) retornou ao Palácio dos Despachos para entregar ao governador do Estado, Belivaldo Chagas (PSD), ofícios solicitando apoio logístico para a terceira edição do projeto Ação Cidadã. O evento, que leva cidadania e cultura para os bairros de Aracaju, será realizado no dia 12 de maio na Aruana, em comemoração ao Dia das Mães.

Além da realização de exames gratuitos, corte de cabelo e curso de maquiagem, nesta edição a população contará com a emissão de carteiras de identidade, orientações jurídicas, emissão de carteiras de trabalho, entre outros serviços.


O gabinete do vereador estará colhendo sugestões e reivindicações da comunidade, e as atividades esportivas e recreativas serão realizadas através de uma parceria com as secretarias de Esporte do estado e do município.

Para Thiaguinho, o importante é proporcionar um dia diferente, transformador e produtivo. “Nós queremos mostrar à comunidade, em especial às mães, que juntos nós temos condições de mudar a realidade das pessoas, pelo menos por um dia, porque entendemos que, como legislador, não é possível resolver todos os problemas, mas pelo menos uma semente será plantada. Por isso fizemos questão de buscar novas parcerias, como a carreata do câncer que possibilitará às mulheres a realização de exames”, disse o vereador.

Aproveitando a visita, Thiaguinho reforçou o pedido para que o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) instale um redutor de velocidade na avenida Melício Machado, atendendo pedido dos moradores e comerciantes locais. O parlamentar também comemorou a aprovação do Mutirão da Saúde, que o Estado realizará em vários bairros da capital, e levou a satisfação do comando do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) com a autorização para a reforma da pista de treinamento.

 
 
 
 

Município de Cedro é contemplado com livros da

Fundação Itaú

 

Leia para uma criança da fundação Itaú. Na manhã de hoje, 18, a Secretaria Municipal de Assistência Social recebeu, gratuitamente, livros infantis para serem doados as crianças e adolescentes do Programa Criança Feliz.

O banco Itaú realiza uma série de programas e parcerias para tornar o Estatuto da Criança e do Adolescente uma realidade. Entre os programas, todos os anos o banco distribui livros gratuitamente. A Coleção Itaú de Livros Infantis foi criada pela Fundação Itaú Social para ajudar a despertar desde cedo o prazer pela leitura.O objetivo da ação é incentivar a leitura do adulto para a criança como uma oportunidade de fortalecimento dos vínculos familiares e da participação ativa na educação desde a primeira infância.

 
 
 
 

ANDRÉ MOURA GARANTE RECURSOS PARA FESTAS JUNINAS

NO INTERIOR SERGIPANO

 

 

A tradicional festa de São João que acontece por todo o mês de junho nos municípios do interior de Sergipe estão garantidos. Em audiência na quarta-feira (18), em Brasília, com a ministra interina da Cultura, Marina Ribas, o deputado federal André Moura (PSC-SE) tratou do resgate de verbas destinadas às festividades, o total a ser disponibilizado supera a R$ 16 milhões distribuídos a 41 municípios para realizarem as festas desse período.

As festas juninas são importantes para fortalecimento da cultura e desenvolvimento econômico das cidades. “O mês de junho para o Estado é de grande expectativa. A população e os municípios se preparam, organizam toda a estrutura necessária, enfeitam as cidades e montam os arraiás para os forrós em homenagem a São João e São Pedro, santos do mês”, explicou André.

O parlamentar está acompanhando de perto a tramitação das propostas, procura saber quais foram cadastradas e quais foram aprovadas, visando garantir a aprovação de todas. Segundo ele é necessário reconhecer o valor que essas festas têm para os municípios, seja cultural ou econômica. Por isso o empenho no processo de liberação dos recursos. A ministra afirmou que a pasta trabalha na valorização, reafirmando que os festejos juninos estão assegurados para Sergipe.

Aproveitando a oportunidade, o deputado André Moura convidou o ministro Sá Leitão e a ministra interina para visitar e participar do lançamento da programação dessas festas que ocorre no mês de maio.

Seminário -Também foi solicitada à pasta realização de Seminário voltado a todos os grupos culturais em Sergipe. “Queremos que as bandas, os grupos folclóricos e os artistas tenham conhecimento das modalidades que o Ministério financia e os projetos que promovem a cultura, o cinema e a música”, declarou André. No seminário a equipe técnica explica aos grupos como participar e as regras para terem acesso aos financiamentos do Ministério, assim como fomentar o investimento de particulares.

 

Fonte: AssCom/AM

 
 
 
 

DEVINHO NOVAES FAZ SUCESSO NA MICARETA DE

FEIRA DE SANTANA
 

A repórter Madalena Braga da TV Subaé (Afiliada à Rede Globo) em Feira de Santana confirmou através de suas redes sociais que Devinho Novaes fez sucesso com o público no primeiro dia de Micareta. O evento começou na quinta-feira e segue até o domingo.

Os artistas Léo Santana, Tayrone, Bell Marques e Timbalada também animaram a primeira noite de festa. Durante todo o percurso as músicas de Devinho estavam na boca da galera. Essa foi a estreia do Boyzinho no evento.

Por assessoria de imprensa

 

 
 
 
 

Nineia Oliveira, Forró do Tico e Kinho Farreiro vão

agitar o Arraiá Seo Inácio

 

O Arraiá Seo Inácio vai ser realizado a partir das 21h do sábado, 28 de abril, no Iate Clube de Aracaju, localizado na Avenida Beira Mar no Bairro 13 de Julho. Ninéia Oliveira, Forró do Tico e Kinho Farreiro vão comandar o arraiá mais charmoso da cidade.

Ninéia Oliveira está preparando um show com sucessos do forró das antigas e Kinho Farreiro vai misturar o forró eletrônico com o sertanejo.

Forró do Tico é sucesso na Bahia e vai fazer a sua estreia em Sergipe. A banda se destaca com o autêntico forró com canções autorais e também de artistas consagrados como Luiz Gonzaga. Músicas de vaquejada e hits do momento também estão no repertório.


A música ‘E agora coração’, nova aposta de Tico é composição de Flavinho Kadet, Tales Lessa, Élcio de Carvalho e Edu, que conta história de um rapaz de coração partido que ainda não superou o término do relacionamento, e não sabe o que fazer para sanar a dor. “É uma música linda, que fala de amor e o clipe contempla bastante isso. Foi feito com muito carinho, espero que todos gostem”, disse o cantor.
Ingressos
O segundo lote dos ingressos está sendo vendido até esta sexta-feira (20) por R$ 40 (meia) e R$ 50 + 2 Kg de alimentos não perecíveis (inteira solidária). A partir do dia 21 começa a venda do terceiro lote e a meia passa a ser vendida por R$ 50 e a inteira solidária por R$ 60. Os ingressos podem ser comprados no Seo Inácio e também através do site www.centraldoingressose.com.br

 
 
 
 

Senac divulga nova programação de cursos para os

próximos meses

 

O Senac Sergipe está com inscrições abertas para os cursos que serão ministrados nos meses de maio, junho, julho e agosto. São mais de 100 opções de títulos, das mais diversas áreas, distribuídas nas unidades de Aracaju, Lagarto, Itabaiana e Tobias Barreto.
Na capital, as matrículas devem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 19h30, na Central de Atendimento da instituição de ensino, localizada à AV. Ivo do Prado, 564, bairro São José. No interior, as inscrições são feitas nas respectivas unidades do Senac.
A programação completa de cursos, bem como as informações necessárias para a matrícula e os descontos do plano de fidelização podem ser encontrados no site (www.se.senac.br). Mais informações através do fone 79 – 3212-1560.
Por Helmo Goes/ MTB/SE

 
 
 
 

Fecomércio realiza celebração dos seus 70 anos com lançamento de livro da jornalista Mônica Pinto

 

Empresários do comércio se uniram, sob a liderança de José Ramos de Moraes, para fundar uma das maiores entidades federativas de representação de classe empresarial do Brasil. No ano de 1948, em 28 de fevereiro, surgiu um organismo que revolucionou a sociedade no período pós-guerra, em que a vida do sergipano ainda estava abalada com as influências provocadas pelo combate mundial. Empresários com visão de futuro, pensando no melhor para os trabalhadores do comércio e da sociedade sergipana fundaram a Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de Sergipe.


A história da Fecomércio em Sergipe é marcada por grandes realizações, como a construção de dois conjuntos habitacionais para os comerciários, erguidos com recursos próprios oriundos da contribuição sindical empresarial. Os conjuntos Jessé Pinto Freire e José Ramos de Moraes. Marco na história de Aracaju nos anos 70, foram os primeiros e únicos núcleos habitacionais levantados sem recursos do poder público que serviram para moradia popular.


Laércio Oliveira, presidente da federação, lembrou o quanto o sistema tem trabalhado para fomentar o desenvolvimento no estado. “A Federação do Comércio é um mecanismo social empresarial que traz o desenvolvimento e a cidadania por onde passa. Temos uma linda história de ações que marcaram o nosso estado e seguimos sempre com expectativas de ampliar nossas ações. Buscando aumentar nossa participação com os empresários, estimulando a união empresarial, para que continuemos fazendo nosso estado crescer e se desenvolver, gerando emprego e renda para nosso povo. Isso é o que fortalece nossa entidade”.


A celebração pelo aniversário de 70 anos da Fecomércio foi realizada no Hotel Sesc Atalaia, com a presença de centenas de empresários, personalidades políticas, jornalistas, entre outros. Na ocasião, foi lançado o livro “Comércio em Sergipe: História e Histórias”, organizado pela jornalista Mônica Pinto. O livro conta a história contemporânea do comércio sergipano, e as histórias de 25 personagens que se dedicaram ao comércio de Sergipe no século XX, seguindo até os dias atuais. Laércio Oliveira valorizou a iniciativa da confecção do livro e sua importância como registro histórico do comércio no estado.


“Nós escrevemos a história do comércio com os principais protagonistas da atividade, os próprios comerciantes. Os personagens do livro são as pessoas que fizeram o comércio de Sergipe crescer e se fortalecer. Estamos fazendo um registro histórico que vai ajudar muito os acadêmicos e a sociedade em geral a entender melhor a história do comércio de nosso estado. Esse livro nos leva a viajar pelo tempo, sentindo no coração o que é ser empresário do comércio e ser sergipano, pelo seu resgate da história”.


A jornalista Mônica Pinto, autora da obra, agradeceu a oportunidade promovida pela Fecomércio em poder escrever o livro e comentou que a obra foi um momento importante de sua carreira.
“O livro traz como nasceu nosso comércio, conta seu desenvolvimento e conta como as pessoas que protagonizaram o comércio viveram pela atividade. Conta com um levantamento historiográfico do comércio sergipano. A obra é um cabedal de conhecimento do que é a vida empresarial. Agradeço a confiança do presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, em me dar o privilégio de fazer esse belo trabalho, do qual me orgulho muito”.


A badalada festa contou com a exibição de um pequeno documentário em discurso direto, com destaques de cada um dos 25 empresários entrevistados, entre eles, o empresário Antônio Prudente, que comemorou 100 anos de vida recentemente. Participaram do livro diversos nomes do comércio, a exemplo de José Raimundo dos Santos, Jonas Prado, Wilson Anchieta, Maria Hortência, Edna Bomfim, José Figueiredo, Ancelmo Oliveira, entre outros.


A Fecomércio disponibilizou a versão virtual do livro de forma gratuita para as pessoas terem acesso a esse registro histórico. O livro pode ser baixado no site da Federação do Comércio, www.fecomercio-se.com.br, para que o público conheça as 272 páginas da mais pura história do comércio sergipano.

 
 
 
 

Simplificação do PIS/Cofins deve ir ao Congresso em

maio, diz ministro

 

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse hoje (19) que o governo deve enviar o projeto de simplificação do PIS/Cofins ao Congresso em maio. A afirmação foi feita em Washington, onde o ministro participa dos Encontros de Primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial. O ministro também destacou a necessidade de apresentar um projeto para a simplificação do ICMS. Segundo ele, mesmo 2018 sendo um ano de eleição, “a relação com o Congresso é boa e são temas de interesse do país”, portanto “haverá espaço para dialogar”.


Segundo ele, mais de 80% dos litígios no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) são relacionados ao ICMS “por conta da complexidade das regras”, o que gera um custo para o setor privado do país e para a administração tributária. O ministro afirmou que o projeto para simplificação do imposto seria um “enorme passo importante na direção certa”.

Esses projetos de reforma tributária fazem parte de uma série de reformas que o ministro cita como centrais para aumentar o PIB (Produto Interno Bruto) potencial no Brasil ao longo dos próximos anos. Segundo Guardia, as expectativas do Ministério da Fazenda para o crescimento brasileiro são de 3% para este ano e o próximo, e de 2,3% a 2,4% em 2020 e 2021, se não foram levadas adiante as reformas econômicas previstas pelo governo. Se as reformas forem feitas, “o crescimento potencial da economia brasileira sai do patamar de 2,5% e vai para algo entre 3,5% a 4%”.


Os números para o crescimento brasileiro previstos pelo ministério são diferentes dos do mercado e do FMI. A previsão dos analistas no Brasil é de crescimento de 2,8% este ano, e a do FMI é de 2,3% este ano e 2,5% no ano que vem. Embora o ministro tenha dito que a “previsão poderá ser alterada ao longo do ano, se julgarmos conveniente”, ele também afirmou que “tradicionalmente, o fundo monetário tem previsões mais conservadoras do que a média do mercado”.


Reformas


Entre as principais reformas que precisam ser feitas para elevar o PIB potencial brasileiro, Guardia citou a reforma da Previdência, a reforma tributária, os projetos de concessões na área de infraestrutura e os processos de atração de investimento (como a capitalização da Eletrobrás e leilões para exploração do pré-sal pela Petrobras), que seriam a prioridade para este ano.


Guardia também citou como importantes o Cadastro Positivo (com informações de clientes com histórico de bons pagadores), a duplicata eletrônica (boleto de cobrança e títulos virtuais que suprem a ausência física do título de papel) e a Lei de Recuperação Judicial (que disciplina a recuperação judicial e extrajudicial e a falência de empresários e empresas), além de proposições para aumentar a autonomia operacional do Banco Central, o que, segundo ele, traria um fortalecimento institucional importante para se ter uma redução da taxa de juros.


O ministro afirmou que a capitalização da Eletrobrás é prioridade e que o ritmo desse processo dependerá do Congresso, mas também de um parecer que foi enviado ao Tribunal de Contas da União esta semana sobre a privatização das distribuidoras. Ele destacou que o processo de capitalização vai além da questão fiscal, atingindo também a necessidade de fortalecer a infraestrutura do setor elétrico no Brasil.

 
 
 
 

Cresce contratações de empresas para limpar nome


Cerca de 62 milhões de pessoas estão inadimplentes no país

 

Interessadas nos cerca de 62 milhões de inadimplentes no país, muitas empresas prometem limpar o nome de consumidores que querem recuperar crédito no mercado e retirar seu CPF das listas de negativados. Neste ano, o número de inadimplentes que afirmam já ter contratado empresas na tentativa de limpar o nome aumentou 16 pontos percentuais (25%) em relação ao resultado de 2017 (9%):

O levantamento é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

 

Segundo a consulta, 14% dos entrevistados que contrataram o serviço disseram que a situação foi resolvida, com aumento de 10 pontos percentuais em relação ao ano passado (4%); 11% não tiveram o nome limpo, com 5 pontos percentuais a mais de casos sem solução, na comparação com 2017 (6%). Entre os que contrataram e não tiveram o nome limpo, 39% receberam parte do dinheiro de volta, 31% receberam todo o dinheiro e 30% não foram restituídos em nada.


Os principais motivos para contratar a empresa foram: garantir que o nome fosse realmente limpo (24%), receber ajuda nas negociações (19%) e evitar constrangimentos com os credores (19%). O valor pago para limpar o nome foi, em média, de R$ 375,21 – 45% pagaram um valor antecipado fixo e 37%, um valor antecipado com percentual sobre o valor da dívida.


A maior parte dos entrevistados (53%) disse que valeu a pena pagar pelo serviço porque o nome foi limpo. Para 31%, no entanto, isso não valeu a pena, porque ficou muito mais caro do que se tivessem resolvido sozinho direto com a empresa credora.


Na opinião da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a contratação de empresa para limpar o nome nem sempre é a opção mais vantajosa. “O devedor pode negociar bons acordos diretamente com os credores, conseguindo melhores condições para liquidar a dívida e colocar as contas em ordem, sem precisar pagar nada pela intermediação.”


Acordo


Oito em cada 10 consumidores (78%) ficaram satisfeitos com o serviço de negociação da dívida. Segundo os contratantes, 4.567.890, a expectativa foi atendida para 44% dos entrevistados e superada em 34% dos casos. Para 22%, as empresas não conseguiram um bom acordo. Mais da metade dos entrevistados (65%) afirmou ter tentado negociar a dívida com os credores antes de contratar uma empresa. Em contrapartida, 21% não tentaram um acordo antes de investir no serviço.


Do total de entrevistados que utilizaram o serviço, 57% acreditam que conseguiriam ter quitado a dívida sem contratar uma empresa. Para o educador financeiro do SPC Brasil e do portal Meu Bolso Feliz José Vignoli, contratar uma empresa para limpar o nome deve ser a última opção. “Se o consumidor tem dinheiro disponível para contratar esse tipo de empresa, recomenda-se que, em vez disso, negocie diretamente com o credor, ofereça uma entrada à vista e tente um desconto no valor da dívida ou redução do número de parcelas. Frequentemente, um intermediário faz pouca diferença e ainda cria uma nova despesa para quem já está endividado”, disse Vignoli.
Promessas
Parte significativa dos entrevistados (61%) teve medo de cair em golpes no momento da contratação da empresa. Também foi destaque o número de entrevistados que afirma ter recebido a promessa de ter o nome limpo sem precisar pagar a dívida: 50% disseram que as empresas prometeram limpar o nome, mesmo sem o pagamento da pendência.


“O consumidor deve ficar atento a golpes e fraudes. Muitas empresas se apresentam como facilitadoras e prometem operar verdadeiros milagres, garantindo descontos de mais de 80% no valor da dívida ou eliminar o CPF do consumidor dos cadastros de negativados sem que a pessoa sequer pague a dívida”, alertou Vignoli. “É importante ter cautela quando são oferecidos descontos, prazos e condições de pagamento fora da realidade do mercado. Não existe fórmula mágica da mesma forma como não dá para limpar o nome sem pagar a dívida.”


Contratação on line


Segundo o SPC, diferentemente do ano passado, quando a indicação de amigos e parentes teve influência significativa na decisão de contratar uma empresa para limpar o nome, os devedores este ano foram, em sua grande maioria, atraídos por anúncios na internet. Cerca de 43% dos consumidores encontraram as empresas de forma online, enquanto 15% receberam a indicação de conhecidos, apresentando queda de 17 pontos percentuais em comparação com o ano passado (31%).


Fonte: Agência Brasil

 
 
 
 

CELSE recebe financiamento para termoelétrica na Barra
 
Contratos preveem aportes de mais de R$ 5 bilhões no total

 

As Centrais Elétricas de Sergipe (CELSE) informou na manhã desta quinta-feira, 19, que assinou os contratos de financiamento do projeto do Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I. Os valores serão disponibilizados por bancos e organismos multilaterais ao longo de 2018 e 2019. O empreendimento localizado em Barra dos Coqueiros representa o maior investimento privado já feito em Sergipe. O financiamento de aproximadamente R$ 5 bilhões está estruturado da seguinte forma: aproximadamente R$ 3,4 bilhões por meio da emissão pela CELSE de debêntures simples não-conversíveis, com a cobertura da agência suíça de crédito à exportação, SERV (Swiss Export Risk Insurance), e com o Goldman Sachs Brasil como coordenador líder da emissão.


Além disso, o projeto vai receber o equivalente em reais a US$ 200 milhões da IFC (International Finance Corporation), organismo do Grupo Banco Mundial voltado a investimentos no setor privado, e US$ 288 milhões do IDB Invest, braço do Inter-American Development Bank para investimentos no setor privado.

“Concluímos uma etapa fundamental de nosso projeto, ao mesmo tempo em que as obras avançam de forma importante. A resposta positiva dos financiadores indica que cumprimos os padrões de desempenho socioambientais da IFC, que são largamente adotados por organizações e bancos comerciais em projetos internacionais. Para nós, significa o reconhecimento do nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável e com os interesses da comunidade local”, afirma Eduardo Maranhão, presidente da CELSE.


A concessão do financiamento acontece depois de a empresa receber todas as licenças ambientais aplicáveis para a atual fase do projeto, sendo a última delas, da parte Offshore, que foi concedida pelo IBAMA em 29 de março.

Com informações da Assessoria da CELSE

 
 
 
 

Belivaldo discute proteção à infância e adolescência em

 Sergipe com representantes do UNICEF

 

Nesta quinta-feira, dia 19, o governador Belivaldo Chagas (PSD) reuniu-se com a representante do Fundo das Nações Unidas (Unicef) no Brasil, Florence Bauer, e com a coordenadora do Unicef da Bahia e Sergipe, Helena Oliveira, para discutir e fortalecer parcerias para promoção de igualdade e avanços nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social pela infância e adolescência em Sergipe. As representantes do órgão das Nações Unidas elogiaram o apoio que o Estado tem dado, sobretudo, na adesão dos municípios sergipanos ao Selo Unicef.

O governador foi parabenizado pelo incentivo do governo à adesão dos municípios sergipanos ao Selo UNICEF. “No dia do meu aniversário, o que me deixa mais feliz é ter esta oportunidade de dialogar pelo bem do meu estado, trabalhando por Sergipe”, disse Belivaldo.


Florence Bauer ressaltou que o apoio do Estado foi fundamental para adesão de 100% dos municípios sergipanos ao Selo nesta edição. “Sergipe é um dos estados que faz parte da metodologia do Selo Unicef. A gente veio também para parabenizar o estado por ter alcançado 100% da adesão dos municípios elegíveis, que estão participando do Selo Unicef. Isso resulta muito da mobilização do governo de Sergipe. Agora, estamos começando o ciclo com várias capacitações, o que quer dizer que esses municípios se comprometeram a colocar a criança e o adolescente no centro das políticas públicas. O que a gente vem conversando é que existem muitas temáticas referentes à educação, homicídios de adolescentes, por exemplo, que têm a ver com a responsabilidade dos municípios e do Estado. Então essa cooperação é fundamental”.


De acordo com Helena Oliveira, Sergipe é exemplo com relação ao envolvimento do governo estadual nessa parceria com a Unicef junto aos municípios. “Um trabalho como o Selo, que vai na linha do fortalecimento do município, não pode prescindir da colaboração do governo do Estado, porque muitas das agendas vão impactar nos indicadores do estado. Então como o governo adere conosco, a gente está entendendo que o governo tem a criança como prioridade e busca, nessa parceria com a Unicef, esse fortalecimento, essa transformação na qualidade e no acesso aos direitos de cada criança e adolescentes da região”.


A coordenadora do Unicef da Bahia e Sergipe explicou que o Selo trabalha com os municípios mais vulneráveis, com os quais o governo fez um plano de adesão. “A gente está mais do que feliz com esse trabalho em conjunto com Sergipe, por esses esforços, por essa dedicação e disponibilidade de trabalhar a infância e a adolescência aqui. São 49 municípios na região do semiárido e mais dois do Baixo São Francisco, então, ao todo, são 51 municípios de 75 no total. Estamos com essa parceria desde 2005 e a gente tem vários resultados visíveis nas mudanças dos indicadores dos municípios, em saúde, educação. Os municípios agora estão concorrendo em 2020, assim, a gente vai poder conhecer os resultados dessa edição”.


Belivaldo Chagas destacou que a colaboração entre os governos federais, estaduais e municipais é fundamental no avanço das políticas públicas de proteção à infância e adolescência. “É preciso que tenhamos o apoio do governo federal, do Estado e das prefeituras. Aqui no estado, verificamos ser necessário aumentar, em um primeiro momento, o efetivo estadual de policiais, principalmente para investigação e reforço dos departamentos homicídios e combate às drogas. A intenção é identificar os problemas e trabalhar as ações preventivas. Claro que todas as ações requerem também mais recursos e se o governo federal não olhar para isso e nos dar uma condição, fica muito difícil. Fizemos levantamentos, já identificamos deficiências e lançamos as primeiras ações prioritárias. A exemplo também do trabalho nas divisas para impedir entrada de drogas e armas e outras ações preventivas também de combate a violência. Claro que cada estado, com essa crise, acaba tendo que estabelecer prioridades e assumi como foco a segurança e a saúde, obviamente, sem jamais esquecer a educação e deixar de lado as demais áreas. Por isso é tão importante abraçar projetos como esses do Unicef, porque só com esse trabalho conjunto também com a sociedade e outros setores que vamos conseguir melhorias reais”.


Para a moderadora do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (Nuca) de Itabaiana, integrante das ações do Selo Unicef, Karla Laiane, as ações de investigação são fundamentais como ferramenta para identificação das problemáticas que resultam no envolvimento dos jovens com o crime. “É preciso mais programas como este, mais educação e esclarecimento dos assassinatos dos jovens para saber as causas que levam os jovens a se envolver no crime e lançar mais ações preventivas, combater essas causa antes que esses jovens entrem no crime e nas drogas”.


Educação e combate às drogas


Sobre as demais políticas de atuação do Estado, o governador ressaltou ainda que o governo está ampliando o leque de ações no estado, especialmente, com o objetivo de afastar os jovens das drogas, o que tem sido um dos principais problemas enfrentados hoje.


“Estamos desenvolvendo um projeto, por meio da Secretaria de Estado da Educação, que vai trabalhar diretamente com prevenção das drogas com alunos do 6º ano do ensino fundamental ao ensino médio da rede pública. Esse projeto será feito com todo um material pedagógico. Se não tivermos esse envolvimento, da Escola, da família, da comunidade e dos governos federal, estadual e municipal ficará cada vez mais difícil combater as drogas e todos os problemas que surgem a partir disso”, informou o governador.


Comitê


Outro ponto abordado na audiência foi à importância do Comitê Gestor Estadual para reunir todas as autoridades que atuam ou têm relação com os direitos da criança e do adolescente. Segundo Florence Bauer, o Comitê é essencial para que as temáticas que envolvem o publico do Selo Unicef sejam trabalhadas e priorizadas conjuntamente.


“O governador Belivaldo demonstrou que é prioridade em sua gestão o cuidado com a criança e com o adolescente, tanto que o estado é pioneiro no trabalho com essa temática. Ficou acertado que vamos ampliar as ações, abordando a questão das drogas, os programas sociais, cobrando que esses programas sejam efetivados em todos os municípios. Vamos nos reunir amanhã, na sede da Secretaria de Inclusão Social, para que a gente possa também tratar sobre a criação de um Comitê vinculado à Secretaria. Para tratar, especialmente, a questão das drogas e envolvendo todos os municípios. Assim, como também faremos uma agenda de enfrentamento à violência sexual, principalmente relacionada à criança e adolescente”, expôs o secretário de Estado da Inclusão, José Carlos Felizola.
O secretário executivo do Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC), Gildo Oliveira, elogiou o posicionamento da gestão estadual. “Fiquei sensibilizado com a forma que o governador e o novo secretário da Inclusão apresentam à problemática, principalmente das drogas na infância e adolescência”.


Enviado pela assessoria

 
 
 
 

Presidente da ASPENE-SE é reeleito e celebra vitória

com diretoria e associados

 

O atual presidente da ASPENE-SE, José Eleno foi reeleito dia 17 de abril para dirigir a Associação dos Aposentados da Petrobras em Sergipe para o triênio 2018/2021.
O processo eleitoral aconteceu na sede da entidade, localizada na Rua Propriá, com as presenças da diretoria e associados. Eleno é uma pessoa muito família, dedicado à associação e à família, popular e gosta de praticar o bem comum, por isso sua vitória já era esperada. Houve um coffee break após o resultado das eleições, então os diretores celebraram ao lado de suas esposas e familiares.


Eleno em sua fala de agradecimento disse que a associação continuará a lutar pelos interesses dos aposentados da Petrobras, sempre resgatando a essência da entidade. A intenção é evidenciar esse trabalho como novos projetos em 2018 e enfrentar os desafios com apoio dos colegas. “Vou continuar lutando pela associação ao lado dos meus irmãos”, disse. A posse de José Eleno acontecerá no dia 24 de abril, às 09h, na sede da instituição.

 

 
 
 
 

Comércio e shoppings não abrem no feriado do dia 21

 

As lojas do centro comercial e shoppings de Aracaju não irão funcionar no próximo sábado, 21, feriado nacional pelo Dia de Tiradentes. Os Sindicatos dos Comerciários e dos Lojistas de Sergipe não chegaram a um consenso sobre o acordo coletivo da categoria. Feriado é um dos temas da pauta de convenção dos empregados que vem sendo discutida entre as partes desde janeiro, data base da categoria. A legislação não permite que as lojas abram no feriado sem um acordo entre os sindicatos (patrões e empregados) e até o dia de hoje não se chegou a esse consenso.


O presidente dos Sindicatos dos Comerciários e da Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe (Fecomse), Ronildo Almeida, explica que feriado é somente uma das cláusulas do acordo coletivo e que até o momento as categorias não conseguiram fechá-lo para o ano de 2018.
Ele explica que só pode resolver a questão do feriado quando fecharem a convenção coletiva e informa que os impasses estão nas questões do trabalho intermitente e da autorização do banco de horas. “Os empresários querem que os funcionários trabalhem no dia que eles quiserem e não recebam por isso. Então, ele decide os dias que funcionário irá trabalhar na semana e não quer pagar por isso. E o empregado, que só aceita fazer hora extra para aumentar sua renda, vai receber folga por isso e não salário” ressalta ele, informando que o acordo (que não foi fechado ainda) contempla alguns feriados no ano.

O presidente do Sindicato dos Lojistas do Estado de Sergipe (Sindilojas), Gilson Figueiredo, também lamenta a falta de acordo entre as categorias e alega que a dificuldade é que os empresários buscam a adequação da nova lei trabalhista no acordo. “É péssimo para o comércio, pois um feriado num sábado contempla aqueles que trabalham em outras áreas irem até o comercio consumir. E para os shoppings também, já que além de um ponto de compras, atende aos clientes com serviços e entretenimento”, comenta.

Gilson informa que todas as cláusulas que o sindicato dos comerciários diz ser impasse são atendidas pela nova lei trabalhista. “Todas as cláusulas que o sindicato dos comerciários não está aceitando na convenção já consta na nova lei e a classe patronal quer que conste no novo acordo, a exemplo da questão do banco de horas. Estamos avaliando sem atritos, estamos na discussão de ordem filosófica da lei”, diz.

Supermercados

Os supermercados irão funcionar no feriado, pois eles possuem um decreto presidencial ditando que o seguimento é considerado de primeira necessidade. Assim como as farmácias, os supermercados não necessitam de acordo para abrir. Entenda como eles irão funcionar.
Shopping Prêmio

Somente 69 dos 75 municípios de Sergipe fazem parte do Sindicato dos empregados do comercio do Estado de Sergipe e a cidade de Nossa Senhora do Socorro não faz parte, por isso o acordo é diferente e o Shopping Prêmio irá funcionar.

por Raquel Almeida

 
 
 
 

Defensoria Pública empossa novos membros do Conselho Superior para o biênio 2018/2020
 

Foram empossados os novos membros eleitos para o Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado de Sergipe para o biênio 2018/2020. O ato – que aconteceu na sede da instituição – foi presidido pelo defensor público geral, Jesus Jairo Lacerda.

Na primeira categoria exercerão o cargo de Conselheiro, os defensores públicos Eduardo Wirgues Cação, Isabelle Silva Peixoto e Glaucia Amélia Silveira Andrade. Os defensores públicos da segunda categoria, Matheus Pacheco Franco e Eric Martins de Figueirêdo compõem pela primeira vez o Conselho.

Os Conselheiros assinaram o Termo de Posse, que foi lido pelo subdefendor público geral, Leó Neto.

O defensor público geral e presidente do Conselho, Jesus Jairo Lacerda, falou sobre a importância do cargo nas decisões que refletem o futuro da instituição e deu boas-vindas aos empossados. “O fortalecimento da instituição passa pela composição de um Conselho atuante, forte e unido. Sei da importância da trajetória profissional de cada membro e da contribuição que darão buscando sempre o crescimento da Defensoria Pública. É uma honra poder tê-los no Conselho e espero que todos se dediquem para que possamos ter uma Defensoria cada vez mais atuante na defesa dos hipossuficientes”, destacou.


Ocupando o cargo de Conselheiro pela primeira vez, o defensor público Matheus Pacheco agradeceu aos colegas e garantiu um mandato respeitoso. “Agradeço ao apoio dos colegas que chancelaram o meu nome na indicação do Conselho e aos servidores pelo apoio. Estou muito feliz e ciente das responsabilidades do cargo. Pretendo exercer um mandato com muito respeito para ouvir as opiniões contrárias, que certamente vão legitimar e engrandecer os debates que serão travados no Conselho. Espero que consigamos manter o crescimento da nossa instituição para que se firme cada vez mais no nosso sistema de justiça como uma Defensoria forte, independente e democrática”, pontuou.

“Agradeço a confiança pelo apoio nessa empreitada. É a primeira vez que coloco o meu nome à apreciação dos meus pares e sei da importância do cargo e consciente de que novos tempos que virão não serão fáceis em virtude da crise que assola o país, mas estou no Conselho para somar e lutar pelos interesses da instituição”, disse o defensor público empossado, Eric Martins.

O presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado, Ermelino Costa Cerqueira, destacou a condução da eleição e enalteceu o trabalho do Conselho. “Os colegas representam parcela importante de todos os integrantes da instituição. Tivemos a felicidade de uma eleição extremamente tranquila, leal, sem maiores percalços e com votações muito expressivas, o que de certa forma significa uma harmonia entre todos os colegas em consenso ao nome dos empossados. A postura que os conselheiros adotem, eventuais opções, escolhas e linhas de raciocínio que sejam implementadas estão extremamente legitimadas pelo escrutínio que foi realizado, sem, evidentemente, esquecer que todos os colegas acompanham o trabalho do Conselho e eu, pessoalmente, na condição de presidente da Associação nos últimos dois anos, sou testemunha do compromisso, do alto grau de seriedade que o conselho sempre se porta na apreciação dos atos normativos e dos demais assuntos submetidos. Em que pese não ter voto, mas tenho voz e sou acima de tudo testemunha do trabalho compromissado e sério que o Conselho tem desempenhado, sempre se portando de maneira bastante coerente e consentânea nas finalidades constitucionais da Defensoria Pública”, enfatizou.

Por Débora Matos

 
 
 
 

Governo de Sergipe e Fundação Telefônica Vivo anunciam expansão do projeto Aula Digital

 

O Programa Aula Digital, lançado no ano passado através de uma parceria entre o Governo de Sergipe e Fundação Telefônica Vivo, e que atualmente atinge 18,5 mil alunos, 321 escolas públicas e 775 educadores, será ampliado para mais unidades de ensino em diversos municípios sergipanos. Em solenidade realizada na manhã desta quarta-feira, 18, no Auditório do Radisson Hotel, na Orla da Atalaia, em Aracaju, o secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto, juntamente com o diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo, Américo Mattar, anunciou a expansão do projeto Aula Digital no estado de Sergipe.


O evento contou ainda com a presença do superintendente executivo da Seed, professor Everton Siqueira, e do presidente da Undime seccional Sergipe, José Thiago Alves de Carvalho.
A partir desse anúncio, mais 148 escolas passarão a contar com o programa, resultando em um total de 469 unidades de ensino estaduais e municipais beneficiadas pelo projeto. Os professores passarão por uma formação e as escolas receberão o kit tecnológico para uso pedagógico, que é uma maleta composta por tablets, laptop, projetor e roteador para uso de alunos e professores em atividades desenvolvidas em ambiente virtual de aprendizagem.


O secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto, destacou que esse é um projeto inovador e aberto, através do qual os professores podem exercer os seus talentos. Segundo ele, os professores terão a possibilidade de utilizar o material de acordo com as suas orientações e com o projeto da escola. “Não é um pacote fechado, é apenas um suporte tecnológico para adequar as nossas escolas a essa dissonância que há muito tempo foi diagnosticada, de que os nossos estudantes vivem na era digital e nossas escolas ainda são de uma era analógica. É necessário que as unidades de ensino se adequem e recebam novos meios tecnológicos que já estão popularizados entre as diversas camadas da população. Esses equipamentos patrocinados pela Fundação Telefônica certamente permitirão, acompanhados por toda a estratégia educacional da Seed, uma melhor linguagem e acesso aos nossos estudantes”, afirmou.


O professor Josué Modesto destacou ainda que o kit tecnológico é uma parte do processo, mas que é dado um grande foco no papel do professor, das famílias e na motivação dos alunos. “É óbvio que, quanto melhores forem os instrumentos, mais eficaz será o trabalho do professor. Mas são eles os elementos centrais nessa relação, que tem como objetivo inspirar os nossos estudantes”, disse.


Expansão do Programa


Durante a solenidade, os representantes da Fundação Telefônica Vivo apresentaram para os gestores, secretários e prefeitos convidados o Programa Aula Digital. O diretor-presidente da Fundação, Américo Mattar, afirmou que com essa expansão, saltará de 18,5 mil para 129 mil a quantidade de alunos beneficiados em todo o estado.
“Hoje o projeto é um sucesso. A proposta inicial era levar para as escolas e para as equipes pedagógicas da Seed uma formação em inovação educativa, uma nova prática que eles podem ter em sala de aula adequada ao mundo digital. Fizemos essa primeira etapa em 2017 e agora vamos levar as maletas digitais para dentro das escolas, porque os professores já estão preparados. Além disso, entramos também nessa nova etapa em que mais escolas irão participar. Então teremos a formação de professores e entrega dos equipamentos digitais. Isso vai permitir aos professores utilizar toda a potência do digital na formação dos seus alunos”, declarou.


O coordenador do Projeto Aula Digital no Brasil, Rubem Saldanha, destacou o alcance da ampliação do programa. “A partir de agora, na rede estadual, nós atendemos a cem por cento das escolas que oferecem do 1º ao 3º ano. É um passo importante porque a gente está reafirmando esse compromisso com a qualidade da educação, principalmente com a alfabetização dos jovens e das crianças de Sergipe”, disse.


Importância


A solenidade de assinatura da ampliação do programa teve a colaboração especial da Coordenação de Gestão Democrática, Articulação e Assistência aos Municípios (COGEDAM), que articulou a participação dos gestores e representantes municipais no evento. Os convidados destacaram que o programa é de suma importância e que tem beneficiado estudantes em todo o estado. Foi o caso da diretora da DRE-9, Meire Ferreira da Silva. “Quando se fala em mídias e em tecnologias digitais, trazemos a comunidade para uma era mais contemporânea e que passa a ser realidade através da escola. Já que muitas comunidades são extremamente carentes, elas têm através da escola o acesso a todo esse material. No alto sertão sergipano isso cai como uma luva”, afirmou.


O prefeito de São Cristóvão, Marcos Antônio de Azevedo Santana, disse que das 40 unidades da rede municipal, 18 estão participando do programa. “A nossa equipe vem sendo capacitada e treinada. É importante perceber que o programa não visa apenas levar tecnologia de informação para a escola, mas pensar na inserção dessa tecnologia na pedagogia. Nós temos participado a resposta que os nossos professores têm dado é muito boa, e agora vamos entrar nessa outra fase de ampliação”, declarou.


A secretária de Educação de Nossa Senhora do Socorro, professora Marieta Barbosa, não poupou elogios aos resultados que o programa tem dado nas unidades de ensino do município. “Em Socorro nós estamos muito satisfeitos com o programa, os professores, os alunos e as famílias também. O pessoal que passou pela formação no ano passado já está efetivamente atuando. Já percebemos que pedagogicamente houve um avanço na replicação dessas formações nas escolas. Isso qualifica a nossa rede, melhora o retorno social que temos que dar para a comunidade e os alunos têm garantido um nível de aprendizagem qualificado”, disse.


A diretora do Departamento de Educação da Seed (DED), Ana Lúcia Muricy, destacou que todas as ações do projeto são voltadas para a efetivação de uma metodologia inovadora em sala de aula. “A gente sabe que a tecnologia hoje é a realidade dos nossos estudantes e que isso desperta neles o interesse. Quando conseguimos, através da tecnologia, inovar a metodologia do ensino, temos um ganho muito grande. A aula fica mais prazerosa, os professores também ficam mais motivados, e estamos modernizando o processo de ensino-aprendizagem, pois os conteúdos trabalhados são muito bem pensados. São conteúdos que os professores podem alterar de acordo com a realidade do estado ou de cada município”, declarou.


Enviado pela assessoria

 
 
 
 

Tarifa de luz irá aumentar 11,30% em Sergipe


Novos valores passam a valer a partir desta segunda-feira

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nessa terça-feira, 17, a revisão tarifária da Energisa Sergipe. O efeito para o consumidor será de 11,30%, ou seja, uma previsão de elevação tarifária a partir de 22 de abril de 2018.
De acordo com informações da Energisa, a revisão tarifária é um processo regulado pela Aneel, previsto no contrato de concessão da empresa.
Esses contratos, segundo a Energisa, apresentam regras bem definidas a respeito das contas de luz, bem como a metodologia de cálculo dos reajustes. Pela norma, o valor da tarifa poderá ser reajustado anualmente – o chamado Reajuste Tarifário Anual – e a cada cinco anos, no processo de Revisão Tarifária Periódica.

com informações da Energisa
 
 
 
 

Balança comercial sergipana tem déficit de US$ 6,3 mi

 

Análise realizada pelo Núcleo de Informações Econômicas (NIE), com o apoio do Centro Internacional de Negócios – CIN/SE, da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), com base nos dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), apontou que as exportações, em março de 2018, somaram US$ 8 milhões, avançando 28,4%, quando comparado com o mês de março do ano passado, já na comparação com o mês imediatamente anterior (fevereiro/2018) o crescimento ficou em 0,4%. Enquanto isso, as importações ficaram próximas dos US$ 14,4 milhões, com redução de 17,5%, em relação ao mesmo mês do ano passado, e redução 19,1%,


quando comparado com as importações de fevereiro de 2018. Por fim, o saldo da balança comercial, no terceiro mês do ano, ficou deficitário, fechando o mês com saldo negativo em US$ 6,3 milhões.

Em março de 2018, as vendas de Sucos de laranja, congelado, não fermentados somaram aproximadamente US$ 4,9 milhões, que respondeu por 61,7%. Já as vendas de Outros calçados sola exterior borracha/plástico, de couro/natural e Outros calçados cobrindo o tornozelo, parte superior de borracha, plástico somaram, em conjunto, aproximadamente US$ 1,2 milhão, respondendo por 8,2% e 7,7%, respectivamente. Dessa forma, 77,6% das exportações sergipanas são representadas por esses três produtos. O principal destino dos produtos produzidos em Sergipe, no mês de março, foi à Holanda, ou seja, os Países Baixos, sendo o destino de 56,8% das vendas do estado, e em termos nominais, as vendas ultrapassaram os US$ 4,5 milhões. O segundo principal destino das exportações sergipanas foi à Turquia, que adquiriu mais de US$ 641 mil, exclusivamente, em Sucos de laranja, congelado, não fermentados, ou seja, correspondendo a 8% das exportações totais do estado.


Já as importações, do mês em análise, concentraram-se na aquisição de Outros trigos e misturas de trigo com centeio, exceto para semeadura, que somou aproximadamente US$ 5 milhões, ou seja, 35% das importações sergipanas. Em seguida destacou-se a compra de Coque de petróleo não calcinado, que somou US$ 1,4 milhão, respondendo por 9,9% das importações no mês de março. Quanto à origem dos produtos adquiridos por Sergipe, a mais representativa foi a de US$ 5 milhões, em produtos argentinos. Em seguida destacaram-se as compras de produtos produzidos nos Estados Unidos, com mais de US$ 2,6 milhões, e de US$ 1,4 milhão em produtos de origem espanhola. Esses três países responderam por 63,9% das importações sergipanas, em março de 2018.
Fonte: NIE/FIES

 
 
 
 

Fabricantes de tijolos terão que se adequar à norma 558


Empresas pedem 75 dias para cumprir portaria do Inmetro

 

Os fabricantes de cerâmica de alvenaria [tijolos] terão que se adequar nos próximos meses à norma nº 558/13, publicada pelo Inmetro em novembro de 2013. Em Sergipe, apenas algumas empresas seguem o que preconiza a lei. O Instituto de Tecnologia e Pesquisas de Sergipe (ITPS), órgão delegado do Inmetro, convocou as empresas e pediu que as mesmas cumpram a legislação. As empresas pediram 75 dias como prazo para cumprir as regras. A norma exige nos produtos a identificação do fabricante (CNPJ e razão social ou nome fantasia); lote ou data de fabricação; dimensões nominais em centímetros, na seguinte sequência: largura, altura, comprimento; telefone/ email e endereço do fabricante, importador e revendedor/distribuidor. Os fabricantes que não cumprirem, estarão sujeitos a penalidades.

Fonte: Infonet

 
 
 
 

Galeria de arte J. Inácio receberá exposição fotográfica


Mostra é de autoria do artista visual Mozart Daltro, e faz parte do edital de seleção da Galeria

 

A Galeria de Arte J. Inácio receberá, a partir da próxima segunda-feira, 23 de abril, a instigante exposição "Pelas Águas", do artista visual, Mozart Daltro. A mostra, contemplada no Edital de Ocupação da Galeria, contará com 17 fotografias do Rio São Francisco, enfocando sua nascente e os percursos pelos Estados de Minas Gerais, Sergipe e Alagoas.

A exposição propõe levar o público por três vias: a investigação, a memória e a interação, através de imagens que não buscaram captar apenas o instante, mas que instalam e questionam deliberadamente o tempo. A sequência das fotos não é apenas um jogo de formas e materiais, é a visão do artista do mundo, que transforma uma hidrelétrica desativada em um local onírico que também questiona, graças a sua força e a sua universalidade.


Durante a mostra, serão apresentadas cinco séries fotográficas. Na primeira, constarão quatro imagens da nascente do São Francisco, uma do ponto mais alto, localizando a estátua do “Chico”, a outra da Casca D’Anta, acompanhada pelas primeira e segunda quedas d’agua. Na segunda série serão apresentadas cinco imagens das circunvizinhanças da cidade de Piranhas, suas correntezas, a pesca, as cachoeiras e o ponto mais alto onde foi construída uma igreja.

Na terceira, série de imagens o artista observa os Cânions e a antiga hidrelétrica de Delmiro Gouveia, atualmente desativada. Na quarta série de imagens da exposição chega-se a Canindé de São Francisco por caminhos ribeirinhos que emblematicamente nos impressiona por sua força imagética provocando questionamentos sobre a preservação do rio e a sua importância para o Brasil.

Por fim, a quinta série das imagens da exposição ‘Pelas Águas’, são imagens noturnas que evocam memórias e permite uma interpretação criadora do receptor e, portanto, do observador das obras apresentadas, reafirmando a ideia de que a arte é triangular. “Nosso objetivo é despertar o olhar do público para a magnitude do rio e a importância da sua preservação”, aponta Mozart Daltro.

 
 
 

Adelmario Coelho está de volta ao Forrozão e promete

 resgatar o autêntico forró

 

O baiano Adelmario Coelho é uma das atrações do Forrozão 2018 que será realizado no dia 5 de maio na Praça dos Mercados Centrais de Aracaju. O evento que abre oficialmente os festejos juninos de Sergipe chega a sua 33ª edição e Adelmario promete resgatar o autêntico forró com lançamento do seu novo disco.
“Já participei do Forrozão mais de 10 vezes e estou feliz em retornar a Aracaju e poder reencontrar esse público bacana que sempre me prestigia. É maravilhoso fazer parte do Forrozão que é o reencontro com a cultura. A festa tradicional tem 33 anos e começou com foco na cultura e hoje retoma o seu caminho o que eu acho muito legal, oportuno e parabenizo a todos os organizadores por isso.


A projeção do evento ultrapassa as barreiras do estado e com certeza o seu conteúdo musical social se torna muito relevante. Quero contar a energia da minha ‘Nação Forrozeira’ para a noite ficar ainda mais especial”, convida o cantor.


Adelmario Coelho vai lançar no Forrozão seu novo CD ‘Meu universo cotidiano’ que foi gravado no ano passado. “O show é lindo e abrange a discografia dos 24 anos da minha carreira. A música de trabalho é ‘Tempinho na rede’, mas tem canções que não podem faltar como: ‘Não fale mal do meu país’, ‘A morte dobou de carro’ e ‘O neném’. Entretanto o repertório do show conta ainda com canções de Luiz Gonzaga, Trio Nordestino e Dominguinhos”, adianta.


O forrozeiro garante que o autêntico forró continua tendo seu espaço no cenário musical. “Cultura se estende a gerações e esse legado do forró autêntico vai continuar. Em alguns momentos sofrendo fortes influências, mas sobrevivendo. Nada contra outras vertentes e acho até que são bem vindas mas o que não podemos é estabelecer comparações porque são bem diferentes”, alerta.


Além de Adelmario Coelho, a festa vai contar ainda com Saia Rodada, Márcia Fellipe, Calcinha Preta, Devinho Novaes, Unha Pintada, Luan Estilizado e Jonas Esticado.

 
 
 
 

Reajuste do Bolsa Família ainda está indefinido

 

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, disse nesta segunda-feira, 16, que o governo ainda está avaliando o reajuste do Bolsa Família neste ano. Colnago falou sobre o assunto após anúncio de revisão de benefícios sociais.
Há menos de uma semana, o novo ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, havia afirmado que o reajuste do programa ainda não estava definido, mas que poderia ser anunciado este mês ou em maio. “As propostas estão colocadas, há uma discussão ainda dentro do governo para definição dos percentuais, da forma de fazer esse reajuste e acredito que ainda em abril ou maio teremos essa definição e o anúncio do reajuste do Bolsa”, disse na ocasião.


O antecessor Osmar Terra chegou a dizer que o reajuste seria anunciado em março, o que acabou não ocorrendo. Beltrame acrescentou que o governo pensa em um reajuste maior que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).


Em junho de 2016, o governo – com Michel Temer ainda como interino na Presidência da República – reajustou o programa em 12,5%.


Revisão


Hoje, Beltrame anunciou o cancelamento de 5,2 milhões de benefícios do Bolsa Família. Segundo o ministro, antes havia uma avaliação anual, cruzando o cadastro único com a Relação Anual de Informações Sociais. Agora, o cruzamento é feito antes, no momento de análise do pedido.
Caso haja inconsistência de declaração da renda, ultrapassando o limite, o pedido é negado. “A junção dessas bases de dados nos oportunizou melhorar a focalização do programa não só da manutenção, mas da concessão do benefício”, disse o ministro.


Beltrame acrescentou que foi possível zerar a fila de espera do programa em 2017, que reunia cerca de 1 milhão de famílias, cenário que permanece estável em 2018.


Fonte: Agência Brasil

 
 
 
 

Prefeitura de Aracaju anuncia datas e novo formato

do Forró Caju

 

O prefeito Edvaldo Nogueira anunciou, dia 16 de abril, o novo formato do Forró Caju e as datas nas quais a festa será realizada. Em coletiva à imprensa, o gestor municipal informou que o evento ocorrerá em vários espaços de Aracaju. Na praça dos mercados centrais, a festa acontecerá nos dias 22,23, 24, 28, 29 e 30 de junho. Já na praça General Valadão, os festejos começam antes, no dia 20, e prosseguem até o dia 30. Haverá ainda o Forró Caju nos bairros, ao longo do mês de junho. A retomada do evento foi possível graças ao investimento de R$ 4 milhões de verbas federais, fruto da atuação do líder do governo federal no Congresso Nacional, deputado federal André Moura, que participou da coletiva.


“O forró traduz a alma dos aracajuanos e sergipanos. E o Forró Caju não é apenas um momento de diversão, mas é também o momento de ativar os valores culturais da nossa sociedade. E mais do que isso: é geração de emprego e renda, porque os artistas tocam, os vendedores ambulantes comercializam, tem a presença dos taxistas, a ocupação dos hotéis, da cadeia do Turismo, enfim, é uma festa que movimenta todos os aspectos da economia, do bem-estar das pessoas, da felicidade e, acima de tudo, da cultura. A nossa maior festa está de volta”, afirmou o prefeito.

À imprensa, Edvaldo apresentou como se dará o novo modelo do evento. Na Praça dos mercados, no Centro de Aracaju, o Forró Caju ocorrerá durante seis dias (22, 23, 24, 28, 29 e 30 de junho), com 60 apresentações musicais, de artistas locais e nacionais. Tanto no palco Luiz Gonzaga quanto no palco Gerson Filho, serão cinco atrações por noite. Já o arraiá que será erguido na praça General Valadão funcionará entre os dias 20 e 30 de junho. Por lá, passarão 16 atrações musicais. No “Forró Caju nos bairros”, a festa ocorrerá por todo o mês de junho, com 54 apresentações artísticas. “Serão 130 atrações, sendo 90% delas de artistas locais”, frisou o prefeito.

 
 
 
Com Lula fora das eleições por causa da lei da ficha limpa...

Veja a Nova Pesquisa para Presidente realizada

dia 15 de abril de 2018
 

 
 

 

 

 

 
 
Pesquisa realizada pela Folha de São Paulo
 
 

Câmara aprova projeto que institui 2018 como Ano

de Valorização do Idoso

 

Carmen Zanotto: parecer pela aprovação com alterações no texto original para garantir a separação entre os poderes.

O Plenário aprovou proposta que define 2018 como o Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. A denominação é uma referência à adesão do Brasil à Convenção Interamericana sobre a Proteção dos Direitos Humanos dos Idosos. Foi aprovado um substitutivo da relatora na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), ao Projeto de Lei 9357/17, da deputada Leandre (PV-PR)


Zanotto optou por um novo texto por entender que o original desrespeitava o princípio da separação dos poderes, ao interferir em ações e providências a serem desenvolvidas pelo Ministério dos Direitos Humanos.

Sem citar o ministério, o texto aprovado estabelece que durante o “Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa” deverão ser realizadas palestras, eventos e outras medidas com o intuito de esclarecer e sensibilizar a população sobre os direitos da pessoa idosa. O texto prevê a articulação conjunta entre Executivo, Legislativo e Judiciário para incentivar ações de valorização do idoso conforma a competência de cada poder.

Zanotto ressaltou a sensibilidade da deputada Leandre ao propor o projeto. “Nossos idosos merecem e precisam de maior atenção e respeito por parte de todos nós”, disse a relatora, lembrando que 2018 também marca os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Nepal


Na mesma sessão, os deputados também aprovaram o Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 252/15, que contém acordo de cooperação técnica entre Brasil e Nepal assinado em agosto de 2011.

Pelo acordo, a cooperação poderá incluir projetos em desenvolvimento social, gestão pública, meio ambiente, energia, agricultura, educação e saúde. O acordo tem respaldo na estratégia de aproximação com países asiáticos em desenvolvimento.


2018 é o Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa

O ano de 2018 passou a ser considerado o Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. É o que estabelece a Lei 13.646/2018, publicada no Diário Oficial da União. A lei tem origem no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 11/2018, aprovada no Senado.


A escolha do ano de 2018 se deu em razão da Convenção Interamericana sobre a Proteção dos Direitos Humanos dos Idosos, celebrada pela Organização dos Estados Americanos (OEA) em 2015. O Brasil está atualmente em processo de ratificação dessa convenção. O acordo encontra-se em análise na Câmara dos Deputados sob a forma do Projeto de Decreto Legislativo 863/2017.


A nova lei estipula que, em celebração ao ano, haverá palestras, eventos, ações conjuntas da administração pública para incentivar a valorização do idoso, além de divulgação da convenção.


De acordo com a autora do PLC 11/2018, deputada Leandre (PV-PR), o objetivo não é criar data comemorativa no calendário nacional, mas estabelecer marco para estímulo de ações pelos direitos dos idosos.


No relatório a favor do projeto na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), o senador Paulo Paim (PT-RS), lembrou que em 2018 são comemorados os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e os 15 anos da aprovação do Estatuto da Pessoa Idosa (Lei 10.741/2003).

Cleia Viana/Câmara dos Deputados

 
 
 

Sesc Itabaiana torna-se realidade
 

O presidente da Federação do Comércio do Estado de Sergipe (Fecomércio), Laércio Oliveira, participou no município de Itabaiana, da solenidade de assinatura da ordem de serviço para a construção da Unidade SESC Itabaiana. O evento ocorreu no terreno onde será erguido o empreendimento e contou com a presença de autoridades locais, do presidente do Conselho Regional do SESC, Hugo Lima França, e demais dirigentes da instituição em Sergipe.

Localizada no bairro Anísio Amâncio de Oliveira, a Unidade receberá um investimento na ordem de R$ 11.904.464,13 milhões.


Ela será construída em uma área de 6.537,29 metros quadros e será composta por quadra poliesportiva, piscina "adulto e infantil", campo de areia, brinquedoteca, sala de jogos, biblioteca, cozinha industrial, academia e auditório. A Programação Mesa Brasil também funcionará na nova unidade, ampliando o trabalho já existe na sede municipal.


Segundo Michael Walter Kruppa, representante da Walter Lopes Engenharia Ltda – empresa pernambucana responsável pelo projeto, à execução da obra tem previsão de 18 meses e a estimativa é empregar cerca de 100 pessoas nesse período de construção.


De acordo com Laércio Oliveira, a chegada do SESC no município de Itabaiana reafirma o compromisso da Fecomércio de ampliar as ações socais da instituição no interior do Estado, visando à geração de renda e o fortalecimento do comércio na região. “A unidade traduz a essência da missão da instituição, que é contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores do comércio e comunidade em geral”, acrescentou o presidente da Fecomércio, destacando o apoio da Prefeitura Municipal e dos empresários, para a efetivação do projeto naquele município.


Para Hugo França, a assinatura da ordem de serviço marca o início de um trabalho próspero que o SESC irá realizar no município e sela o compromisso assumido em 2012 quando foi fincada no mesmo local a pedra fundamental, demarcando a área para a construção de mais uma unidade do SESC no interior do Estado. “Hoje é um dia especial para Federação do Comércio, para o SESC e para o povo de Itabaiana. Em breve colheremos os frutos de todo esse esforço e a família comerciária poderá desfrutar de um belíssimo espaço de lazer, que irá atender desde a criança até o idoso”, ressaltou o presidente do SESC, em Sergipe.


Enviado pela assessoria

 
 
 

Os 19 possíveis candidatos à presidência para as

eleições de 2018

   


A seis meses da eleição presidencial deste ano, pelo menos 19 nomes já se colocaram publicamente na disputa. Mais uma pré-candidatura deve ser oficializada nas próximas semanas, a do PSB, e outros dois grandes partidos, PT e MDB, ainda não definiram seus quadros, apesar de prometerem apresentar um candidato nos próximos meses aos eleitores. A decisão final deve ser tomada até o início de agosto, quando termina o prazo para cada partido definir as candidaturas nas convenções.


Dentre os concorrentes ao pleito, há ex-presidentes, senadores, deputados, ex-ministros e até um ex-ministro do Supremo Tribunal Federal.

PSC – Paulo Rabello de Castro


Até o início de abril no comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o economista Paulo Rabello de Castro deixou o cargo para confirmar a disposição de disputar à Presidência. Segundo o PSC, embora não tenha promovido um ato de lançamento, a legenda já trabalha com a pré-candidatura como oficial. Desde fevereiro, ele participa de eventos partidários pelo país junto ao presidente da sigla cristã, Pastor Everaldo, que concorreu à Presidência no pleito de 2014.
As principais bandeiras do PSC são contra a descriminalização das drogas e a legalização do aborto. “Temos uma sociedade cujos valores morais estão completamente invertidos. Onde a arma na mão do bandido é uma arma livre, mas a arma na sua mão é proibida. E eventualmente você vai preso por portá-la. Quando o bom comportamento da família é zombado pelas novelas pornográficas e toda pornografia é enaltecida, como preservar a família nacional”, disse, durante recente ato.
Doutor em economia pela Universidade de Chicago, Paulo Rabello de Castro foi fundador da primeira empresa brasileira de classificação de riscos de crédito, a SR Rating, criada em 1993. Autor de livros sobre a economia e a agricultura brasileiras, o pré-candidato foi presidente do Lide Economia, grupo de empresários que têm em comum a defesa da livre iniciativa. Ele também coordenou o movimento Brasil Eficiente. Em 2016, foi indicado para a presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e comandou a instituição de pesquisa por onze meses, até assumir a presidência do BNDES, em maio do ano passado.


Propõe uma simplificação da carga tributária e mais eficiência dos gastos públicos.
Presidente do IBGE entre julho de 2016 e junho de 2017, sua gestão promoveu a renovação do parque tecnológico da instituição e viabilizou o Censo Agropecuário, que não era realizado desde 2006. Deixou o IBGE para assumir a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, onde ficou até abril de 2018.

Solidariedade – Aldo Rebelo


Aldo Rebelo, ex-ministro dos governos Lula e Dilma, deixou o PSB e se filiou ao Solidariedade e se apresentou como pré-candidato ao Planalto. Nascido a 23 de fevereiro de 1956, no município de Viçosa (AL), é jornalista e redator e esteve matriculado no curso de Direito da Universidade Federal de Alagoas de 1975 a 1978. Filiado ao PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) de 1980 a 1985 e ao PCdoB (Partido Comunista do Brasil) a partir do ano de 1985, iniciou sua carreira política na cidade de São Paulo (SP) como vereador constituinte para a legislatura de 1989-1991.

PSB – Joaquim Barbosa


O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa assinou em 6 de abril a sua ficha de filiação ao PSB. “Joaquim Barbosa é um homem público honrado, de trajetória admirável, que vem reforçar e qualificar os quadros do partido. É uma satisfação contar com o ministro no PSB neste momento tão desafiador do nosso país”, afirmou o presidente do partido, Carlos Siqueira.
Siqueira ressaltou a atuação de Barbosa à frente da Suprema Corte. “Ele deixou sua marca pessoal de firmeza e independência, e, ao colocar em discussão na corte pautas progressistas contribuiu para um significativo avanço civilizatório da sociedade brasileira”, disse. A pré-candidatura ainda não foi anunciada, mas é bastante provável.


Ministro do STF de 2003 a 2014, Barbosa foi presidente da corte entre 2012 e 2014 e desempenhou papel de destaque no julgamento da Ação Penal 470. Doutor e mestre pela Universidade de Paris-II Panthéon-Assas, o ex-ministro é professor licenciado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

MDB – Henrique Meirelles e Michel Temer


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, assinou no início de abril a sua filiação partidária ao MDB com o objetivo de concorrer às eleições de outubro – provavelmente ao lado de Michel Temer – e disse que a decisão é uma “reentrada natural”.
“Volto ao MDB para construir o sonho de um país de oportunidades. Volto para continuar servindo ao Brasil e Brasileiros”, destacou Meirelles. Na presença do presidente, Michel Temer, ele destacou que “a ponte para futuro apontou ao Norte, faltava apenas colocar em prática e o Michel Temer fez isso”, destacou.


“Você está habilitado a ocupar qualquer cargo no País” disse Temer ao mais novo emedebista. De olho nos próximos passos, “todos estão trabalhando na Ponte para o Futuro 2” revelou o presidente. Não se sabe ainda como será definida a chapa.

Flávio Rocha – PRB


O diretor vice-presidente da Guararapes Confecções (Riachuelo), Flávio Rocha, deixou o cargo na companhia para poder concorrer à presidência da república. Após conversar com pelo menos seis siglas, o empresário decidiu pelo PRB. Casado e pai de quatro filhos, atualmente exerce a função de CEO do Grupo Guararapes, que integra a Rede de Lojas Riachuelo, Confecções Guararapes, Midway Financeira, Transportadora Casa Verde e Shopping Midway Mall. O conglomerado é um dos 15 maiores empregadores do país, com 40 mil colaboradores.


Além da atuação à frente do Grupo Guararapes, Flávio Rocha foi um dos fundadores do IDV (Instituto de Desenvolvimento do Varejo). Presidiu a instituição durante quase uma década. Ele integra a lista dos 500 mais influentes da indústria da moda, de acordo com a revista Business of Fashion (BoF). Além disso, participa dos conselhos da FIESP, IEDI e órgãos setoriais ligados à indústria e ao varejo.
Ele também é um dos fundadores do movimento Brasil 200 anos, que é apartidário e cujo manifesto propõe uma mobilização da sociedade para que a classe política conheça as demandas da população e se comprometa com elas no próximo mandato.

Rodrigo Maia – DEM


Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ) teve sua pré-candidatura lançada em 8 de março pelo DEM. Maia tem buscado ser uma alternativa de centro e, em suas próprias palavras, “sem radicalismos”. Ele assumiu o comando da Câmara após a queda de Eduardo Cunha (MDB-RJ), preso pela Operação Lava Jato, e ganhou mais protagonismo político pelo cargo que ocupa, já que é o responsável por definir a pauta de projetos importantes, como a reforma da Previdência.
Segundo ele, a pauta da Câmara não será prejudicada devido à sua candidatura ao Planalto. “A gente tem responsabilidade com o Brasil, já deu demonstrações disso. O projeto político do DEM é legítimo e é feito em outro momento e local, não tem problema nenhum disso”, afirmou.
Filho do ex-prefeito do Rio, César Maia, o político está no quinto mandato como deputado federal. Em 2007, assumiu a presidência nacional do DEM, após a reformulação do antigo PFL. Rodrigo Maia ingressou, mas não chegou a concluir o curso de Economia. Foi secretário de Governo do município do Rio de Janeiro no final da década de 1990, na gestão de Luiz Paulo Conde, que à época era aliado de César Maia.

Ciro Gomes – PDT


Pela terceira vez concorrendo ao posto mais alto do Executivo, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes vai representar o PDT na disputa presidencial. Ao anunciar o seu nome como pré-candidato na última quinta-feira (8), o pedetista adotou um discurso contra as desigualdades e propondo um “projeto de desenvolvimento” para o país.
“Não dá para falar sério em educação que emancipe, não dá para falar sério em segurança que proteja e restaure a paz da família brasileira sem ter compromisso sério para dizer de onde vem o dinheiro”, disse, no ato de lançamento da pré-candidatura.
Ciro Ferreira Gomes tem 60 anos e é formado em Direito. Ele foi governador do Ceará por dois mandatos, ministro da Fazenda no governo de Fernando Henrique Cardoso e da Integração Nacional no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes, ocupou a prefeitura de Fortaleza e o cargo de deputado estadual. Em 1998 e 2002, ele foi candidato à Presidência, tendo ficado em terceiro e quarto colocado, respectivamente.

Jair Bolsonaro – PSL


Deputado federal na sétima legislatura, Bolsonaro se filiou ao PSL na última quarta-feira (7). Considerado polêmico por suas bandeiras, Jair Bolsonaro defende a ampliação do acesso a armas e um Estado cristão, além de criticar modelos de família, segundo ele, “não tradicionais”, como casamento homossexual.
“Nós temos propósitos, projeto e tudo para começar a mudar o Brasil. Nós somos de direita, respeitamos a família brasileira. Está na Constituição que o casamento é entre homem e mulher e ponto final. Esse pessoal é o atraso, uma comprovação de que eles não têm propostas e que a igualdade que eles pregam é na miséria”, afirmou, durante o ato de filiação ao PSL. De acordo com o partido, ainda não há uma data de lançamento oficial da pré-candidatura.
Nascido em Campinas, Jair Messias Bolsonaro tem 62 anos. Ele é formado em Educação Física e militar de carreira. Ele foi para a reserva das Forças Armadas em 1988, após se envolver em atos de indisciplina e ser eleito vereador pelo Rio de Janeiro. Desde 1991, assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados. Foi eleito deputado em 2014 pelo PP, mas migrou para o PSC.

Álvaro Dias – Podemos


O senador Álvaro Dias será o candidato do Podemos. Eleito senador em 2014, pelo PSDB, Álvaro Dias migrou para o PV e, em julho do ano passado, buscou o Podemos, antigo PTN. Com a candidatura do senador, a legenda quer imprimir a bandeira da renovação da política e da participação direta do povo nas decisões do país por meio de plataformas digitais.
“Nós temos que rediscutir a representação parlamentar. Não somos senadores demais, deputados e vereadores demais? Está na hora de reduzirmos o tamanho do Legislativo no país, tornando-o mais enxuto, econômico, ágil e competente”, afirmou Dias, em entrevista concedida esta semana no Congresso Nacional.
O político, de 73 anos, está no quarto mandato de senador. De 1987 a 1991, foi governador do Paraná, à época pelo PMDB. Na década de 1970, foi deputado federal por três legislaturas e, antes, foi vereador de Londrina (PR) e deputado estadual no Paraná. Álvaro Dias é formado em História.

Marina Silva – Rede Sustentabilidade


A ex-senadora Marina Silva vai disputar a Presidência pela terceira vez consecutiva. Integrante da sigla Rede Sustentabilidade, Marina tem como plataforma a defesa da ética, do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável.


Ela é crítica do mecanismo da reeleição, que, segundo ela, se tornou um “atraso” no país. “Sou pré-candidata à Presidência para unir os brasileiros a favor do Brasil. Os governantes precisam fazer o que é melhor para o país e não o que é melhor para se perpetuar no poder. Chega de pensar apenas em interesses pessoais e partidários”, escreveu recentemente em seu perfil do Face book.
Marina Silva militou ao lado do líder ambientalista Chico Mendes na década de 1980. Filiada ao PT, ela foi eleita vereadora de Rio Branco e deputada estadual, antes de ocupar dois mandatos de senadora representando o Acre. Por cinco anos, foi ministra do Meio Ambiente do governo Lula e se desfiliou do PT um ano após deixar o cargo. Ela foi candidata ao Planalto em 2010 pelo PV e, em 2014, assumiu a candidatura do PSB à Presidência após a morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos.

Manuela D’Ávila – PCdoB


A deputada estadual do Rio Grande do Sul, Manuela D’Ávila, será a candidata pelo PCdoB. A ex-deputada federal, por dois mandatos, teve a pré-candidatura lançada pelo partido comunista em novembro do ano passado. Esta é a primeira vez que o PCdoB lançará candidato próprio desde a redemocratização de 1988. Um dos motes da campanha será o combate à crise e à “ruptura democrática” que, segundo a legenda, o país vive.
“Trata-se de uma pré-candidatura que tem como algumas de suas linhas programáticas mais gerais a retomada do crescimento econômico e da industrialização; a defesa e ampliação dos direitos do povo, tão atacados pelo atual governo; a reforma do Estado, de forma a torná-lo mais democrático e capaz de induzir o desenvolvimento com distribuição de renda e valorização do trabalho”, escreveu a presidente nacional do partido, Luciana Santos, ao lançar a candidatura de Manuela D’Ávila.
Manuela D’Ávila tem 37 anos e é formada em jornalismo. Ela é filiada ao PCdoB desde 2001, quando ainda participava do movimento estudantil. Em 2004, foi eleita a vereadora mais jovem de Porto Alegre. Dois anos depois, se candidatou ao cargo de deputada federal pelo Rio Grande do Sul e se tornou a mais votada do estado. Em 2008 e 2012, disputou a prefeitura da capital gaúcha, mas ficou em terceiro e segundo lugar, respectivamente. Desde 2015, ocupa uma vaga na Assembleia Legislativa do estado onde nasceu.

Guilherme Boulos – PSOL


Neste sábado (10), em São Paulo, o PSOL deve anunciar oficialmente a pré-candidatura de Guilherme Boulos, que se filiou no início da semana à sigla reunindo apoio de alguns movimentos sociais. Repetindo a estratégia das últimas eleições, de apresentar uma opção mais à esquerda que os demais partidos, o PSOL participará com candidato próprio à corrida presidencial, que em 2010 e 2014 teve os nomes de Plínio de Arruda Sampaio e Luciana Genro na disputa.


Segundo Boulos, que é coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), é preciso levar a indignação dos cidadãos para dentro da política. “A capacidade de conjugar unidade na luta, na resistência e na defesa dos direitos com a ousadia de construir um projeto de futuro foi o que aproximou e uniu o MTST com o PSOL, bem como outros movimentos sociais, na construção dessa aliança”, disse, nesta semana, ao se filiar ao PSOL.


Um dos líderes do movimento pelo direito à moradia no Brasil, Boulos ficou conhecido nacionalmente após as mobilizações contra a realização da Copa do Mundo no país, em 2014. Formado em Filosofia e Psicologia, Boulos tem 35 anos.

João Amoêdo – Novo
Com 55 anos, João Amoêdo é o candidato pelo partido Novo, que ajudou a fundar. Formado em engenharia e administração de empresas, fez carreira como executivo do mercado financeiro.


Amoêdo foi um dos fundadores do Partido Novo, que teve seu registro homologado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2015. A disputa presidencial em 2018 será a primeira experiência política dele.


Entre as principais bandeiras de Amoêdo, assim como do Partido Novo, estão a maior autonomia e liberdade do indivíduo, a redução das áreas de atuação do Estado, a diminuição da carga tributária e a melhoria na qualidade dos serviços essenciais, como saúde, segurança e educação. “É fácil acabar com a desigualdade, basta tornar todo mundo pobre. Ao combater a desigualdade você não está preocupado em criar riqueza e crescer, você só está preocupado em tornar todo mundo igual. O importante é acabar com a pobreza e concentrar na educação básica de qualidade para todos”, diz o candidato em sua página oficial na internet.

Geraldo Alckmin – PSDB


O PSDB confirmou em 20 de março a pré-candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República. Na entrevista coletiva em que anunciou a pré-candidatura, Alckmin afirmou que irá destravar a economia e colocou como prioridades a desburocratização, uma reforma tributária, retomar a agenda da reforma da Previdência e reduzir os juros.


Alckmin começou a carreira como vereador em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. Foi prefeito da cidade, deputado estadual e deputado federal na Assembleia Nacional Constituinte. Em 1994, foi eleito vice-governador na chapa com Mário Covas.


Em 1998, foi reeleito juntamente com Covas. Com a morte deste, assumiu o governo em 2001 e foi reeleito em 2002. Ele é governador de São Paulo e já esteve na corrida presidencial contra Luiz Inácio Lula da Silva em 2006, quando foi derrotado pelo ex-presidente no 2º turno. Após a disputa presidencial, Alckmin foi secretário estadual em 2009 e conquistou a cadeira de governador de São Paulo mais duas vezes, em 2010 e em 2014.

PT
Após ganhar as últimas quatro eleições, o PT está em definição. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi lançado como pré-candidato do partido, porém como foi condenado em segunda instância há 12 anos e um mês e foi preso, o partido entra em um vácuo no PT a 6 meses da eleição.


“Não iam dar o golpe para me deixarem ser candidato”, disse Lula a aliados que acompanhavam com ele o julgamento no STF, em um sinal de admissão de que está fora da disputa eleitoral. Os analistas políticos ainda não sabem exatamente o poder do petista em transferir votos para outro candidato. O nome de Fernando Haddad pode ganhar força, tendo em vista que o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, antes favorito, foi envolvido em operação policial recente.


A expectativa é que Lula recorra ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em busca de uma autorização para se candidatar, já que a Lei da Ficha Limpa prevê a impugnação das candidaturas de políticos condenados em segunda instância. Outros nomes cotados dentro do partido são o do ex-governador da Bahia Jaques Wagner e o do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.

Fernando Collor – PTC


O senador e ex-presidente da República Fernando Collor vai concorrer pelo PTC. Ele foi presidente da República entre 1990 e 1992, quando sofreu impeachment e foi substituído pelo então vice-presidente Itamar Franco. Foi o primeiro presidente a ser eleito pelo voto direto após o regime militar (1964-1985).
Depois de ter os direitos políticos cassados, ele se candidatou ao Senado em 2006, tendo sido eleito, e reconduzido ao cargo em 2014. Antes de ocupar a Presidência, o jornalista e bacharel em Ciências Econômicas, formado pela Universidade Federal de Alagoas, foi governador de Alagoas (1986) e deputado federal (1982).


Em discurso em fevereiro na tribuna do Senado, Fernando Collor de Mello disse que sua pré-candidatura é a retomada de uma missão pelo país. E afirmou que pretende alavancar novamente o país, mediante um novo acordo com a sociedade. “Isso só será possível com planejamento e com sólido programa social que seja tecnicamente recomendável, politicamente viável e socialmente aceito”, destacou.

José Maria Eymael – PSDC


Já o PSDC confirmou no último dia 15 de março a pré-candidatura do seu presidente nacional, José Maria Eymael, que vai concorrer pela quinta vez.


Além de fundador do PSDC, José Maria Eymael é advogado e nasceu em Porto Alegre. Sua trajetória política começou na capital gaúcha, onde foi um dos líderes da Juventude Operária Católica. Em 1962, filiou-se ao Partido Democrata Cristão (PDC) e atuou como líder jovem do partido.

 


Em 1986, foi eleito deputado federal por São Paulo. Em 1990, conquistou o segundo mandato na Câmara dos Deputados. Como parlamentar federal, Eymael defendeu a manutenção da palavra Deus no preâmbulo da atual Constituição Federal durante a Assembleia Constituinte, considerado um marco em sua trajetória política.

Levy Fidelix – PRTB


Outro candidato recorrente ao pleito é o jornalista e publicitário Levy Fidelix, representando o partido do qual é fundador: PRTB. Abordando temas em defesa da família e dos “bons costumes”, ele buscará aproveitar o momento de insatisfação dos brasileiros com a corrupção para se dizer um candidato “ficha limpa”.


Fidelix concorreu ao cargo nas eleições de 2014, 2010 e de 1994.


Antes de criar o PRTB, Fidelix participou da fundação do Partido Liberal (PL), em 1986, quando se lançou na carreira política e disputou uma vaga na Câmara dos Deputados pelo estado de São Paulo. Depois, migrou para o Partido Trabalhista Renovador (PTR), quando também concorreu a um mandato de deputado federal, no início dos anos 90. Apresentador de televisão, professor universitário e publicitário, Fidelix já concorreu três vezes à prefeitura da capital paulista e duas vezes ao governo do estado.

Vera Lúcia – PSTU


O PSTU, que nas últimas vezes concorreu com o candidato José Maria de Almeida (Zé Maria), lançará uma chapa tendo a sindicalista Vera Lúcia como candidata à Presidência.
Vera Lúcia, 50 anos, foi militante no PT e integrante do grupo fundador do PSTU. O vice na chapa é Hertz Dias, 47 anos, militante do movimento negro.

 
 
 
 
 

Forró do Tico comanda Forró do Seo Inácio
Evento acontece no dia 28 de abril

 

O grupo baiano Forró do Tico vai comandar o Forró do Seo Inácio, que acontece no dia 28 de abril, no Sesi, em Aracaju.

Os ingressos estão à venda no Seo Inacio e no site da Central do Ingresso.

Os outras atrações ainda serão divulgadas. Com informações da organização do evento

 
 
 
 

Fim do foro privilegiado será julgado no

Supremo dia 2 de maio

 

Toffoli liberou processo no último dia 27, após pedido de vista; oito ministros já manifestaram-se a favor de algum tipo de restrição na competência da Suprema Corte para julgar crimes praticados por deputados e senadores
O julgamento da ação que pode restringir o foro privilegiado será retomado no dia 2 de maio. A data foi marcada pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, após o ministro Dias Toffoli ter liberado o processo no último dia 27 . O plenário do STF interrompeu o julgamento sobre o foro privilegiado em novembro do ano passado, quando o ministro Dias Toffoli pediu vista do processo.


Essa foi a segunda vez que um pedido de vistas interrompeu o julgamento dessa ação, que foi proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR).


Antes de Toffoli, o ministro Alexandre de Moraes também paralisou a análise durante cinco meses, entre junho e novembro do ano passado, com um pedido de vistas.


Antes da interrupção do julgamento, oito integrantes da Corte manifestaram-se a favor de algum tipo de restrição na competência da Corte Suprema para julgar crimes praticados por deputados e senadores.


Sete magistrados entenderam que deputados federais e senadores somente devem responder a processos no STF se o crime for praticado durante o exercício do mandato. Já o ministro Alexandre de Moraes defendeu uma restrição menor. Há ainda divergências sobre a situação dos processos que já estão em andamento.


Para relator, foro favorece a prescrição de crimes


O tema veio à tona devido a uma ação penal na qual o ex-deputado Marcos da Rocha Mendes (MDB-RJ) responde pela prática do crime de compra dos votos.


Segundo relatou Barroso, o delito do emedebista teria acontecido em 2008, durante a campanha para as eleições municipais de Cabo Frio (RJ), e começou a ser julgado em 2013 pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro.


Com o fim do mandato, o caso foi encaminhado à primeira instância da Justiça Eleitoral, mas em 2015 – como primeiro suplente do partido para a Câmara dos Deputados e diante do afastamento de titulares – Mendes passou a exercer o mandato de deputado federal, fato que levou a ação ao STF. A Primeira Turma já iria iniciar o julgamento do caso, mas em 2016 ele foi eleito prefeito novamente.


Barroso defendeu que a regra atual acaba levando à prescrição de muitos processos (pela demora do julgamento). Afinal, cada vez que o político muda de cargo, o processo deve ser migrado ao tribunal devido – atrasando a conclusão.


O relator foi acompanhado em seu voto pelos ministros Marco Aurélio, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Edson Fachin, Luiz Fux e Ricardo Lewandowski. Além de Dias Toffoli, faltam ainda votar sobre a restrição do foro privilegiado os ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello.

* Com informações da Agência Brasil. Por iG São Paulo *

 
 
 
 

Vacinação nacional contra a gripe começará em todo o Brasil

 

A vacina da gripe disponível no Brasil nessa temporada contém proteção contra versão do H3N2, vírus que circulou com força no hemisfério norte em janeiro desse ano. Por lá, essa forma do vírus puxou o número de infectados pelo influenza para 47 mil, o dobro do registrado em 2017. Em laboratórios da rede privada, o imunizante já está disponível a um preço médio de R$ 130.
Na rede pública, o Ministério da Saúde informa que a campanha nacional destinada aos mais vulneráveis deve começar na segunda quinzena de abril.
Geralmente, as vacinas contra o influenza são disponibilizadas no Brasil entre abril e maio para proteção em junho, período em que o vírus da gripe começa a circular com mais força.


Os vírus utilizados para a confecção da vacina são atualizados anualmente e, esse ano, a vacina brasileira ganhou essa nova forma do H3N2 que ajudou a provocar a epidemia mais grave registrada nos EUA nos últimos 13 anos.

No hemisfério norte, a vacina acabou por não ser atualizada em tempo e, por isso, o vírus acabou fazendo mais vítimas, explica o infectologista e pediatra Renato Kfouri. "Normalmente, há um pareamento entre o vírus circulante e a vacina, mas isso acabou não acontecendo no hemisfério norte e houve um aumento expressivo no número de casos", diz Kfouri.


"Por aqui, a vacina brasileira já vai conter a forma do vírus que circulou no hemisfério norte, mas ainda precisamos ver se vai haver esse pareamento entre a vacina e a forma circulante", explica o especialista.


O médico detalha que os vírus influenza conseguem sofrer pequenas mutações que, embora não tão diferentes do ponto de vista morfológico, são suficientes para "enganar" o sistema imunológico e provocar infecções mais graves."Essa forma que circulou nos EUA foi mais virulenta, o que significa dizer que foi mais agressiva que as demais", aponta Kfouri.


O H3N2 já fez 10 vítimas no Brasil em 2018 -- não há confirmação, no entanto, se os óbitos ocorreram por essa forma circulante nos Estados Unidos. Segundo o Ministério da Saúde, o país registrou 228 casos de influenza e 28 óbitos. Do total, 57 casos e 10 óbitos foram por H3N2. Em relação ao vírus H1N1, foram registrados 84 casos e 8 óbitos.


Ainda foram registrados 50 casos e 6 óbitos foram por influenza B. A pasta informa que os outros 37 casos e 4 óbitos foram provocados por influenza A sem subtipo definido. Em 2017 (ano todo), foram registrados 2.691 casos e 498 óbitos por influenza.

 
 
 
 

Edvaldo e André anunciam R$ 16 milhões em verbas

 federais para Aracaju

 

Aracaju será beneficiada com um novo montante de recursos federais, na ordem de R$ 16 milhões. O anúncio foi feito pelo prefeito Edvaldo Nogueira, na noite desta quinta-feira, 12, após reunião com o líder do governo federal no Congresso Nacional, deputado federal André Moura. Com estas verbas, será possível a realização do Forró Caju, a revitalização de praças e a implantação do programa “Cartão Reforma”, além da urbanização da Ponta da Asa, no bairro Santa Maria, onde Edvaldo e André se reuniram com os moradores para dar a boa notícia pessoalmente.


“Esta é uma noite especial. Um mês após vir aqui ouvir as reivindicações da população, retorno hoje para anunciar que já conseguimos os recursos para realizar as obras de drenagem, esgotamento sanitário e pavimentação desta via, que é o prolongamento da avenida Alexandre Alcino. Comprometi-me com os moradores da Ponta da Asa e hoje venho honrar aquilo que prometi. A situação aqui é muito difícil. Seja no verão, por causa da poeira; seja no inverno, por causa da lama e dos buracos. Mas a realidade começará a mudar a partir de agora”, afirmou o prefeito durante a reunião na comunidade.
Edvaldo destacou que pleiteou, junto a André Moura, o apoio financeiro para garantir a realização da obra, no que foi prontamente atendido. O parlamentar direcionará R$ 1,5 milhão para a infraestrutura da Ponta da Asa. “Corri atrás do recurso e o deputado nos atendeu. Só tenho a agradecer a André Moura por toda a ajuda que ele tem dado a Aracaju. Numa demonstração de que não levamos em conta interesses particulares, temos dado lição de como os políticos devem agir em prol do povo. Esta é uma obra que trará qualidade de vida para aqueles que mais precisam. A ação da Prefeitura de Aracaju, nesta parceria com o governo federal, através de André Moura, transformará esta localidade”, disse.


Da mesma forma, André destacou que “a parceria entre a prefeitura de Aracaju e o governo federal tem tornado o sonho da população em realidade”. “O prefeito veio aqui se reunir com os moradores, eu vim também, nos sensibilizamos diante da situação que encontramos e conseguimos viabilizar os recursos. A gestão do prefeito Edvaldo Nogueira tem feito muito por esta região. É um trabalho que tem dado resultados positivos. Para esta obra, serão destinados R$ 1,5 milhão, recurso já garantido. Agora se inicia a etapa da elaboração do projeto, depois virá à licitação, e, em breve, voltaremos aqui para assinar a ordem de serviço, fruto desta parceria que é um exemplo para todos. Eu e o prefeito Edvaldo temos unido forças para transformar a vida das pessoas para melhor”, reforçou.


Na reunião, Edvaldo pediu celeridade à Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) para a elaboração do projeto. O prefeito disse que a expectativa é poder assinar a ordem de serviço até agosto, para que, em menos de um ano, a obra seja concluída. “Este é o último inverno que os moradores da Ponta da Asa enfrentarão dificuldades. Esta obra vai mudar a vida deles definitivamente”, destacou.


Forró Caju, praças e reformas


Antes do encontro com os moradores no bairro Santa Maria, o prefeito recebeu o líder do governo federal no Centro Administrativo, quando discutiram os novos recursos que chegarão para Aracaju. Do pacote anunciado nesta quinta estão R$ 4 milhões assegurados para a realização do Forró-Caju (cujos dias da festa serão anunciados na próxima segunda-feira, 16); R$ 5 milhões para a reforma de várias praças na cidade; mais R$ 3 milhões, para a revitalização da praça Olímpio Campos, no Centro; outros R$ 2,5 milhões para o programa “Cartão Reforma”, além do R$ 1,5 milhão para a infraestrutura da Ponta da Asa.

POR PREFEITURA DE ARACAJU, Secom

 
 
 
 

Empresário português é recebido por Luciano

Bispo na Alese

 

Convidado pela Fecomércio Sergipe para promover o intercâmbio empresarial da missão internacional Sergipe-Portugal, o empresário português Alberto Barreiro foi recebido no final da manhã dessa quarta-feira (11) pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB). Também foram recebê-lo os deputados Garibalde Mendonça (MDB) e Antônio dos Santos (PSC). Na oportunidade, Alberto Barreiro explicou que veio para Sergipe com o objetivo de estimular a troca de experiências e conhecimentos sobre como os empresários portugueses podem investir em Sergipe e como os sergipanos podem empreender em Portugal. Ele destacou as potencialidades sergipanas e brasileiras, mas registrou sua preocupação o crescimento da violência, com a insegurança que preocupa o Estado.


“Para nós esta tem sido uma grande experiência porque estamos conhecendo o modelo brasileiro de gestão e possíveis fontes de investimento. Foi importante e proveitoso. Mas comparando o Brasil com Portugal, neste momento a Europa está um pouco a frente. O Brasil é um País muito grande, não é fácil governá-lo, de implementar as políticas. Essa não é a primeira vez que venho aqui e vejo que as coisas estão um pouco diferentes”.


Em seguida, o empresário disse que “vejo o Brasil com grande potencial para receber investimentos de Portugal, mas ficamos assustados com nossos noticiários que revelam muita insegurança por aqui. Isso assusta. Os empresários têm interesse sim, mas vão questionar sobre essa violência. Lá a nossa legislação é um pouco mais rigorosa. Mas ainda assim os investimentos são viáveis, este é um País extraordinário e de paisagens belíssimas. Basta ajustar algumas questões”.


Segundo assessor de imprensa da Fecomércio, Márcio Rocha, em 2017 foram enviados para Portugal 12 empresários sergipanos com acompanhantes que foram estudar o mercado de lá para levar seus empreendimentos e os portugueses trazem de volta suas experiências. “Oito desses empresários já estão em estágio avançado de implantação de seus negócios por lá e outros empresários estão interessados também”.


Da Agência de Notícias Alese
Foto: Júnior Ventura

 
 
 

Requerimento do presidente da ALESE aprova pesar aos familiares de ex-jogador do Itabaiana
 

Foi aprovado na sessão desta quinta-feira, 12 na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), requerimento de autoria do presidente da Casa, o deputado Luciano Bispo (MDB), com votos de pesar aos familiares, colegas e amigos do Senhor Antônio de Oliveira Filho, ex-bancário e ex-jogador da Associação Olímpica de Itabaiana, que faleceu nesta quarta-feira, 11. “Antônio foi meu colega de infância na cidade de Itabaiana e faleceu ontem. O requerimento com votos de pesar será levado ao conhecimento da Senhora Maria Rivanda Lima (esposa), aos demais familiares e amigos, com a deliberação desta Casa Legislativa”, ressalta o deputado Luciano Bispo.


O Senhor Antônio de Oliveira Lima consagrou-se campeão pela Associação Olímpica de Itabaiana, no Campeonato Estadual de Futebol.


Por Agência de Notícias Alese -#RedeAlese
Foto: Jadilson Simões

 
 
 

Aécio passa mal e foi levado

 ao hospital

 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi levado ao Hospital Santa Lúcia, em Brasília, depois de sentir um mal-estar. A assessoria do senador informou que Aécio foi ao hospital para fazer exames, mas "está bem". O tucano recebeu alto e saiu sem dar entrevistas e, segundo os médicos e assessores, foi para a casa. O tipo de exame e a suspeita do que teria motivado o mal-estar não foram informados.

 
 
 

Projeto Augusto Franco em Ação: exames oftalmológicos gratuitos, próximo sábado dia 14

 

O Projeto Augusto Franco em Ação, realizará no próximo sábado dia 14, das 8h às 13h, uma ação social com exames oftalmológicos gratuitos para a comunidade local. A primeira edição do Projeto acontecerá no Colégio Estadual Professor Francisco Portugal para o atendimento a comunidade que terão exames oftalmológicos e corte de cabelo masculino gratuitos. Serão distribuídas fichas de atendimento e o público contemplado irá receber orientações relacionadas aos cuidados com a visão, além de testes rápidos de diagnósticos, como de acuidade visual.

Segundo o coordenador e idealizador do Projeto Augusto Franco em Ação, William Fonseca, a ação social visa atender a comunidade do Augusto Franco, proporcionando mais qualidade de vida e comodidade no atendimento.


“Nessa primeira edição vamos distribuir senhas para maior controle e garantia de atendimento aos interessados, teremos ainda corte de cabelo masculino, e na próxima edição estaremos ampliando os serviços”, garante o coordenador do Projeto que enfatiza a importância de ações sociais como agente fortalecedor da comunidade em geral.

Mais informações: William Fonseca (79) 99957-9843

 
 
 

Jucese realizará Fórum de Capacitação para empresas

públicas e sociedades mistas

 

Com o intuito de esclarecer dúvidas relacionadas ao uso e às funcionalidades do Portal de Serviços Agiliza Sergipe - porta de entrada dos processos de Registro Público de Empresas -, a Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese) realizará na próxima segunda-feira, 16, um Fórum de Capacitação voltado para as Empresas Públicas e Sociedades de Economia de Sergipe. As inscrições são gratuitas via site do órgão: www.jucese.se.gov.br.


O Fórum de Capacitação ocorrerá no Auditório Iran Batista de Santana, na sede da Jucese - localizada na Rua Propriá, nº 315, Centro, Aracaju/SE -, a partir das 9h, tendo com público-alvo os servidores das Empresas Públicas e Sociedades Mistas responsáveis pelo arquivamento de atos de registro nas respectivas instituições.

Pelo segundo ano consecutivo, a Jucese promove um Fórum de Capacitação focado nas Empresas Públicas e Sociedades Mistas de Sergipe. O primeiro teve como finalidade o repasse de informações e esclarecimento de dúvidas do ponto de vista da legislação, a exemplo de arquivamento de atas de assembleias ordinárias, extraordinárias; de Conselho de Administração; reunião de diretoria; comunicações.

 
 
 

Aprovada gratuidade para idosos de 60 anos em

transporte coletivo

 

Câmara de de Aracaju aprovou projeito do vereador Seu Marcos

 

De autoria do vereador Seu Marcos (PHS), o Projeto de Lei 102/2017, que garante a redução da gratuidade a idosos de 60 anos, foi aprovado por unanimidade, no Legislativo Municipal na terça–feira, 19.

De acordo com parlamentar, a ideia da propositura é reparar uma lacuna existente no Art. 39 da Lei nº 10.741 de 01/10/2003 do Estatuto do Idoso. “A legislação afirma que para ser considerado idoso precisa ter 60 anos completos, mas alguns benefícios são liberados apenas a partir dos 65 anos, a exemplo da gratuidade da passagem. Estamos tentando corrigir um erro nacional com os idosos dessa faixa etária”, argumentou.

A redução da gratuidade para idosos de 60 anos é uma realidade em outros estados brasileiros, a exemplo do Rio de Janeiro, que desde 2016 assegura o benefício aos usuários que comprovarem a idade.


Para o legislador, além da oportunidade da correção da regulamentação, a população pobre será a mais beneficiada com a futura lei. “ Existe essa questão da correção de uma lei nacional dentro do município, mas o fator determinante para a implantação desta lei foi atender as pessoas pobres dos bairros de Aracaju, que nem sempre tem dinheiro para comer e comprar seus remédios, mas que pagar uma tarifa de ônibus cara como a da nossa cidade”, ressaltou.
Seu Marcos ainda enfatizou sua preocupação com os grandes empresários do setor, que deverão se posicionar contrários a nova regulamentação. “Não estou no parlamento municipal para atender empresários. Não devo favores a nenhum dono de empresa de ônibus, mas sei que eles vão tentar impedir a sanção do projeto”, afirmou.

 
 
 

Vereadores mantém veto ao 'IPTU verde'


PL dava descontos no IPTU na troca de material reciclável

 

Na sessão desta quinta-feira, 12, apenas um veto do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) foi votado na Câmara de Vereadores de Aracaju. A rejeição ao projeto de lei que concede desconto de Imposto Territorial Predial Urbano (IPTU) a contribuintes que realizem troca de materiais recicláveis foi mantida por 11 votos contrários e dois favoráveis.
Para que o veto fosse derrubado, eram necessários 13 votos, a maioria qualificada. A lei, que foi aprovada pelos vereadores no ano passado, previa que o desconto seria dado por meio da pesagem, avaliado por uma tabela relacionando o peso e o valor.


O vereador defendeu, na justificativa do projeto, que este é um meio de promover hábitos sustentáveis à população. “Em muitas cidades brasileiras como Salvador, Porto Alegre, Curitiba, São Bernardo do Campo, Goiânia, Guarulhos, cidades do interior de São Paulo e Minas Gerais, o IPTU Verde já foi adotado e proprietários dos imóveis já podem solicitar os descontos de até 100%. [...] O objetivo é incentivar a preservação do meio ambiente, sendo considerada até uma campanha educacional para a população de forma que se conscientize sobre a importância dos recursos naturais”.
Vetos
A votação destes vetos se arrasta desde o dia 21 de março, quando passou o prazo de um mês para serem votados. Por conta disso, a pauta da Câmara de Vereadores foi 'trancada' e qualquer outra propositura só poderá ser votada quando os todos forem finalizados.
Alguns deles foram derrubados e o projeto tornou-se lei, a exemplo da mudança do Marivan de loteamento para bairro e a concessão de gratuidade para pessoas acima de 60 anos no transporte coletivo. Já em outros os vetos foram mantidos, a exemplo da lei que obrigava clubes de futebol oficiais a manter matriculados em escolas os atletas menores de 18 anos e do licenciamento da frota dos ônibus no Detran de Sergipe.


Por Victor Siqueira

 
 
 

Bairros de Aracaju ficarão sem água na próxima sexta


Barra dos Coqueiros e outras localidades serão afetadas

 

A assessoria de Comunicação da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) informou na tarde desta quarta-feira, 11, que uma manutenção corretiva na Adutora do São Francisco comprometerá temporariamente na próxima sexta-feira, 13, das 8 às 18 horas, o abastecimento em vários pontos da Grande Aracaju. A previsão de conclusão dos serviços é às 18 horas, e o abastecimento será recuperado gradativamente a partir desse horário, sem qualquer aviso. A Deso recomenda a utilização econômica da água existente nas caixas d'água e reservatórios residenciais, evitando-se desperdícios.


Casos de emergência e pedidos de serviços podem ser informados pelo telefone 0800 0790195 com prioridade para creches, hospitais, asilos e demais entidades dessa natureza.

Locais que ficarão desabastecidos

Os bairros Aeroporto, Augusto Franco, Aloque, Alto da Jaqueira, Atalaia, Aruana, Povoado Areia Branca, Bugio, Capucho, Castelo Branco, Centro Administrativo, Cidade Nova, Cirurgia, Centro, Coqueiral, Coroa do Meio, DIA, 18 do Forte, Farolândia, Jabotiana, Jardins, Jardim Centenário, Getúlio Vargas, Grageru, terão fornecimento de água comprometidos nesta sexta.

Além deles, os bairros Industrial, Inácio Barbosa, Japãozinho, Jetimana, Lamarão, Luzia, Médici, Mosqueiro, Olaria, Orlando Dantas, Parque São José, Palestina, Parque dos Coqueiros, Pereira Lobo, Ponta da Asa, Porto Dantas, Ponto Novo, Robalo, Salgado Filho, Sanatório, Santo Antônio, Santa Lúcia, Santa Maria, Santa Tereza, Santos Dumond, São Conrado, São José, Sol Nascente, Soledade, Suissa, também ficarão sem água.

A Deso ainda informou que a Terra Dura, 13 de Julho, Veneza, Várzea Grande, Santo Inácio, Itacanema, Sobrado, Conjunto Jardim, Palestina, Parque dos Faróis, Pai André, Guajará, Nova Palestina, Conjunto Fernando Collor, Conjunto João Alves, Conjunto Marcos Freire, Distrito Industrial de Socorro, Piabeta, Taiçoca de Dentro, Taiçoca de Fora, Albano Franco, São Brás, Atalaia Nova, Barra dos Coqueiros, Povoado Olhos d'Água, serão afetados.

com informações da Ascom Deso

 
 
 

Justiça condena ex-secretária da Prefeitura de Aracaju


Ex-dirigentes da Sociedade Eunice Weaver também são condenados
 

Atendendo aos pedidos do Ministério Público de Sergipe, que impetrou recurso de Apelação por intermédio da 5ª Promotoria do Cidadão – 3º Setor, através das promotoras de Justiça Ana Paula Machado Costa Meneses e Maria Helena Sanches Lisboa, o desembargador Osório de Araújo Ramos Filho reformou a sentença proferida em primeira instância pelo Poder Judiciário Sergipano, e condenou Lanya Ribeiro Mendonça Pereira, Maria Auxiliadora Moura Vasconcelos, Rosa Maria Silva dos Santos, ex-dirigentes da Sociedade Eunice Weaver e Rosária de Souza Rabelo, ex-secretária municipal de assistência social e pela prática de improbidade administrativa, tipificada no art. 10, II, XI e XIV c/c o art. 12, incisos II, da Lei nº8.429/92, causando dano ao Erário Municipal.


Lanya Ribeiro deverá ressarcir o valor de R$ 54.914,96 reais ao Erário, Maria Auxiliadora fará o ressarcimento no valor de R$ 127.177,51 reais, Rosária Souza o valor de R$ 289.149,45 reais e Rosa Maria deverá ressarcir R$ 107.056,88 reais. Além disso, solidariamente, ficarão proibidas de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócias majoritárias, pelo prazo de cinco anos.

De acordo com o desembargador, após análise de toda documentação aos autos pelo MP e relatórios técnicos do Tribunal de Contas de Sergipe, dando conta de várias irregularidades praticadas naquela Sociedade foi possível entender que, ainda que não tenha se configurado dolo nas condutas praticadas pelas ex-dirigentes, a gestão ineficiente dos recursos públicos destinados à Sociedade Eunice Weaver de Aracaju causou lesão ao Erário.

"Importante frisar que, ainda que não se tenha configurado o dolo nas condutas praticadas pelas Demandadas, a gestão ineficiente dos recursos públicos destinados à Sociedade Eunice Weaver de Aracaju causou lesão ao Erário no importe de R$ 289.149,45 (duzentos e oitenta e nove mil, cento e quarenta e nove reais e quarenta e cinco centavos), tal como registrado através da Decisão TC 17889 proferida no Processo TC 001688/2009 que tramitou no Tribunal de Contas do Estado de Sergipe", pontuou o desembargador na decisão.

O desembargador Osório de Araújo impôs a sentença para, com o provimento do recurso interposto pelo MP, julgar procedente os pedidos feitos através da Ação de Improbidade administrativa ajuizada pelo órgão ministerial, uma vez que as condutas das Apeladas ferem os princípios éticos e morais que informam a Adminsitração Pública.

fonte: MPE/SE

 
 
 

Amanda Cunha interpreta Elis e Bethânia no Café da

Gente dia 13 de abril

 

Amanda Cunha, um dos grandes talentos da cena sergipana contemporânea, apresenta ao grande público um projeto com o melhor das nossas Divas da Música Popular Brasileira. Nessa edição irá interpretar canções eternizadas pela inesquecível ELIS REGINA, bem como evocara em canto e sentir toda a força de MARIA BETHÂNIA. Um repertório primoroso, uma homenagem de mulher para mulher.Foi preparado um show para o público vivenciar uma experiência musical única, assim, o aconchegante Café da Gente irá receber esse espetáculo inédito, numa noite que promete ser inesquecível. Estará na companhia dos virtuosos músicos Ítalo Neno e Rominho Filho. Para abrilhantar a noite contaremos com as participações especiais de Amora Valente, Bruna Ribeiro, Fernando Freitas e Heitor Mendonça!


Um pouco sobre Amanda Cunha:


Licenciada em Música com habilitação em canto pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), já fez aulas de canto com vários professores renomados como Marta Hear, Marvin Keenze, Gabriela Pace, Adriana Clis etc. No âmbito da música Erudita, participou como solista e como corista de vários festivais importantes como o MIMO (Festival internacional de música de Olinda) nos anos de 2011, 2012 e 2016; solista na missa da coroação de Mozart, sob a regência do Prof. Dr. Vladimir (UFCG); solista na Missa tango de Martin Palmeire; no Magnificat de Pergolesi, sob a regência do Prof. Dr. Lemuel Guerra.


No âmbito da música popular, atuou como solista em vários grupos na cidade de João Pessoa, como a Banda Sinfônica da cidade de João Pessoa; a Camerata Arte Mulher; A Orquestra Experimental Jazz Band; atuou por dois anos consecutivos no bloco picolé de manga, onde cantou frevo; foi solista no CD da Orquestra de Violões da Paraíba; se apresentou no Sescanção em Aracaju no ano de 2016, tendo sua composição "Prisioneiro do tempo" como a mais votada da edição. Seu repertório vai desde a música popular, como jazz, bossa, choro, samba à música erudita e autoral. Já ministrou cursos de canto popular e erudito na Estação Ciência e Cabo Branco, em João Pessoa; no SESC em Sergipe; no SEST-SENAT em João Pessoa, no Conservatório de Música de Sergipe, no Coro da UFS e nos Coros da Petrobras em Aracaju e Pedra Branca, todos com ênfase na performance.
Na área do teatro, fez um curso de extensão, pela UFS, sob a coordenação da professora Marcia Baltazar e participou das peças Dollville e Uma Canção de Rebeldia, além de dar aulas de canto em companhias de teatro da cidade de Aracaju, como o Imbuaça. Tem se dedicado a pesquisa em performance no canto popular e no canto erudito, educação musical e atualmente, em Aracaju, integra o corpo de professores do Conservatório de Música de Sergipe.


Fonte: Assessoria de Imprensa

 
 
 

Mestre de Cerimônias Crys Moura promoverá Oficina de Oratória em maio

 

Com inscrições abertas, essa oficina é uma oportunidade destinada para aquelas pessoas que pretendem melhorar a sua postura, perder a timidez e aperfeiçoar a eficiência da comunicação em público. Acontecerá em maio, com carga horária de 16h. aulas, filmagem e certificação pelo Centro Universitário Uninter. Informações pelos fones: 3211 4998/ 9 91114998.


ENTREVISTA EXCLUSIVA

A maioria dos eventos, independentemente do porte, possui alguém para comandar as ações e dar uma sequência lógica à participação dos presentes e às atrações, função comumente empregada aos mestres de cerimônia. Esses profissionais são conhecidos pela desenvoltura com o microfone nas mãos, bom humor e a habilidade de se comunicar, virtudes muitas vezes necessárias para conduzir eventos.
Exemplo disso é Crys Moura, mestre de cerimônia muito requisitada em Sergipe pelo seu estilo próprio. Nesse bate papo conheça um pouco sobre esse trabalho.


EXCLUSIVA - De onde veio a iniciativa de ter a sua profissão? Já havia vocação desde criança ou alguém te indicou esse ramo?


- Desde criança já dava sinais da minha paixão pela comunicação. Ouvia muito rádio e tentava imitar as locutoras que ouvia, achava tudo muito fascinante. Lembro também que improvisava uma canequinha plástica no cabo da vassoura para usar como microfone. Era sonho de criança... Que se tornou realidade quanto fiz 18 anos e passei num teste de rádio na Emissora Rio São Francisco, em Penedo/AL, cidade onde passei minha infância.

EXCLUSIVA - Como funciona a preparação de um mestre de cerimônias para cada evento? Você estuda cada público?


- Sim, cada evento é uma nova emoção e você tem que saber para qual público você irá falar, pois cada público tem uma linguagem própria. Procuro me preparar treinando o texto em voz alta, sempre imaginando já estar perante o público.

Exclusiva- Acontecem muitos imprevistos? Como lidar com essas situações?


- Sempre ocorrem as surpresas. Você prepara todo o script do evento e na hora H muda tudo. Já me acostumei a viver com essas situações. É preciso saber lidar com o improviso, o rádio nos ensina muito sobre isso.

EXCLUSIVA - Você acha que os mestres de cerimônia podem estar em qualquer evento ou existem nichos específicos?


- Todo evento precisa ter uma condução e o mestre de cerimônia é o profissional responsável por esse papel. Você pode ter uma estrutura fantástica, com excelente som, decoração, iluminação, mas, se o mestre de cerimônia não for um profissional competente pode comprometer todo o evento.

EXCLUSIVA - Como a equipe do evento e o próprio mestre de cerimônia podem agir para que ele seja atrativo e os convidados tenham a melhor experiência?


- Planejamento e organização, são essenciais para que o evento seja um sucesso. A equipe precisa estar em sintonia. O mestre de cerimônias precisa ter uma boa voz e principalmente uma comunicação que transmita alegria, espontaneidade e segurança. O rádio é um excelente aliado nesse processo, o mestre de cerimônias que trabalha em rádio desenvolve essa habilidade com muita facilidade.

EXCLUSIVA - Facilidade na fala é uma das qualidades obrigatórias de mestre de cerimônias, mas quais outras dicas você pode dar para quem quer seguir uma carreira nessa função?


- Para quem desejar seguir essa carreira, aconselho que procure um curso de rádio para conhecer técnicas de comunicação e sempre que tiver oportunidade treine a habilidade de falar em público, pois a prática fará com que cada vez mais você desempenhe melhor esse papel. Cursos de oratória também, são ótimas ferramentas de contribuição no aperfeiçoamento dessa performance.

EXCLUSIVA – Comente sobre o curso de Oratória que irá promover este mês?


- Nossa oficina de oratória é uma oportunidade para aquelas pessoas que pretendem melhorar a sua postura, perder a timidez e melhorar a eficiência da comunicação em público. Acontecerá em maio, com carga horária de 16 h. aulas, filmagem e certificação pelo Centro Universitário Uninter. Informações pelos fones: 3211 4998/ 9 91114998. Vagas limitadas.

BIOGRAFIA CRYS MOURA

Pernambucana, nascida em 08 de setembro de 1965, a radialista Maria de Lourdes Otaviano de Moura, conhecida por todos por Crys Moura (nome que ganhou quando assumiu seu primeiro trabalho como locutora apresentadora), desde criança, é apaixonada pelo rádio. Astuciosa, costumava imitar os locutores que ouvia e sonhava em um dia exercer a profissão de locutora, algo que muito lhe fascinava.


O sonho tornou-se realidade aos 18 anos, quando a Emissora Rio São Francisco, rádio pioneira do estado, em Penedo/AL., cidade onde viveu sua infância, abriu um concurso para locutora apresentadora e ela foi aprovada, passando a comandar o Programa A Dona da Noite, que ia ao ar, no horário das 22h, na programação diária da Emissora. A partir de então, certificou-se que essa era sua profissão. Trabalhou durante 5 anos na emissora e não parou mais. Foi convidada a trabalhar na FM Jornal de Propriá/SE, onde se firmou na profissão. Implantou duas rádios FM, na cidade de Penedo, logo depois vindo morar em Aracaju, onde trabalhou em grandes redes de Comunicação como Jornal, Liberdade e Cultura.


Em 2008, conheceu o Sistema Comércio, trabalhando como Mestre de Cerimônias, apresentando eventos corporativos e comandando o Programa Estação SESC.


Em 2016, foi convidada a ministrar oficinas de oratória na Faculdade Amadeus, encontrando, nessa função, a oportunidade de contribuir para que as pessoas dominem técnicas de oratória e possam desenvolver melhor a capacidade de comunicação em suas áreas de atuação.


Formada em Letras, Tecnóloga em Marketing, com MBA em Marketing Executivo, Crys Moura atualmente coordena as Câmaras Empresariais da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe – Fecomércio/SE.

 
 
 

Defensores Públicos são eleitos para o Conselho

Superior da Defensoria Pública

 

Por Débora Matos


A Defensoria Pública do Estado de Sergipe realizou na segunda-feira, 9, das 8h às 17h, no Auditório da Central de Atendimento Defensora Diva Costa Lima, eleição para escolha dos membros do Conselho Superior.


Dos 95 defensores públicos que compõem o quadro, 86 compareceram para exercer o voto. Os eleitos da primeira categoria foram Eduardo Cação, Isabelle Silva Peixoto e Gláucia Amélia Silveira. Já na segunda categoria, dois novos membros farão parte do Conselho: Matheus Pacheco Franco e Eric Martins Figueirêdo.


O defensor público geral, Jesus Jairo Lacerda, parabenizou os vencedores e enalteceu a condução do pleito. “A eleição transcorreu de forma tranquila e com lisura. Quanto aos eleitos, tenho certeza que irão exercer com competência e transparência um papel fundamental na decisão dos interesses da instituição”, destacou.


A comissão eleitoral foi composta pelas defensoras públicas, Liza Monte Alegre, Aparecida Filgueira de Sá e Flávia Santana.

 
 
 

Empresário ministra palestra “Empreender em Portugal”

 

O português Alberto Barreiro discorreu sobre o tema no auditório do SENAC - Aracaju

 

Por Cláudia Meireles

O SENAC- Aracaju promoveu hoje, 09 de abril, no auditório da instituição, uma palestra com o empresário português, professor Alberto Barreiro, proprietário de empresa do ramo gráfico em Portugal, evento voltado aos alunos e público presente, como professores e convidados.

O bate papo faz parte do Projeto “Diálogos Empresariais”. O empresário fez ampla abordagem da vivência em Portugal, cultura e costumes para quem deseja trabalhar no país lusitano. Ele explicou ainda as possibilidades de se conhecer o país da Europa que mais atrai turistas nos últimos anos.

De acordo com o palestrante, o tema foi de grande relevância devido à ligação cultural entre Portugal e Brasil. O evento atraiu o público interessado que fez perguntas sobre os aspectos da nação. A palestra durou cerca de duas horas e explorou bastante o tema sobre mercado de trabalho no exterior.
O professor ressaltou ainda como é viver em países da Europa e enfrentar as baixas temperaturas, mas lembrou, que, em algumas épocas do ano nesses locais, o calor também predomina.

Segundo Alberto, uma das dificuldades dos brasileiros na Europa é a obediência às regras no que tange ao cumprimento de horários, já que o brasileiro não é comumente pontual.
O evento contou com o mediador, coordenador de comunicação do SENAC, André Gusmão, que morou em Portugal por cinco anos e trabalhou no país como web design.

Gusmão ajudou na tradução de algumas expressões que na língua portuguesa não possuem o mesmo sinônimo na língua portuguesa falada no Brasil.

O empresário destacou que Portugal nem sempre foi um bom país paraviver, mas venceu a crise e hoje é um dos destinos mais procurados do mundo, tanto pelo empreendedorismo, como pelo turismo.

Segundo ele, o país atravessou um momento muito difícil no que se refere à economia, porém agora se tornou um período de grandes oportunidades, cabe aos estrangeiros enxergá-las.
Ao final do evento, o palestrante recebeu um brinde oferecido pelo SENAC- Aracaju e foi parabenizado pelo público que ficou agradecido pelas informações. “Cabe a cada pessoa ver as oportunidades de Portugal que mesmo em momentos difíceis soube superar a crise e vencer, exemplo que pode ser seguido pelo Brasil”, ressaltou.

 
 
 
 
 
 

 

 Networking

de sucesso
 

   

Por Samuel Barboza

 

Foi realizado dia 06 de abril, sexta-feira, no Hotel SESC da Atalaia, o 1º Encontro de Comunicação da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe). O embate foi direcionado para profissionais de comunicação, marketing, designer, estudantes, entre outras áreas. O ato visava também agregar as entidades sindicais e empresariais.

Foram acometidos temas diversos como: Estatísticas de como alavancar na comunicação, inter-relacionamento social na imprensa, contatos extra profissional, ética nas notícias, consequências da fake News, planejamento, comunicação e marketing, sustentabilidade e por fim, mesa redonda com o presidente do Sistema Fecomércio/SESC/SENAC de Sergipe, Laércio Oliveira.

Além dos palestrantes André Gusmão, Maurício Gonçalves, Marcos Maciel, Marcos Andrade, Délia Coutinho, Ancelmo Oliveira, Antônio Everton, Sudanês Pereira, Diego Recena, Márcio Rocha, Pedro Amarante, Marcelo vital, Rita Simone, Sudanês Pereiras, Alex Garcez e Hipácia Nogueira. Como se já não bastasse, o Sr. Alberto Barreiro (Gerente da Tipestrela), representante de Portugal veio prestigiar esse evento.

Foi uma oportunidade de networking e mais ainda, os vários processos em sistema de negócios futuros, a médio e longo prazo. Alguns comunicadores disseram que fecharam negócios no próprio evento, isso prova que Fecomércio está em boas mãos, com um olhar futurista e com uma equipe que ama o que faz.

 

 
 
 

Governo entrega segunda etapa do Centro

 de Criatividade
 

O governo do Estado entregou as obras de recuperação do Centro de Criatividade. Uma primeira etapa foi inaugurada em junho de 2017. Na ocasião, foram entregues à população a parte externa e a concha para os festejos juninos.
Já a segunda etapa corresponde à recuperação da área interna do espaço cultural, com a recuperação das salas de aula e oficinas, do auditório/cineteatro. A recuperação do Centro de Criatividade correspondeu a um investimento de R$ 3.900.000,00.
Na reforma, a cúpula e a área superior, onde funcionava restaurante e a galeria de arte, foi recuperada.


Ali funcionará o Memorial dos Festejos Juninos em Sergipe, que, além de registrar a história do São João no estado, será um novo ponto turístico. Futuramente, o Centro receberá ainda um monumento em homenagem às quadrilhas juninas.

O Centro de Criatividade será gerido pela Secretaria de Cultura, que atuará de forma compartilhada com a comunidade da região, moradores dos bairros Getúlio Vargas, Cirurgia e da Comunidade Quilombola da Maloca.

 
 
 

Advogado de Lula: Condenação e prisão não são

compatíveis com nossas leis
 

Defesa do petista ainda vai definir qual será sua estratégia daqui para frente; caminhos são o Supremo, para discutir prisão em segunda instância, ou o STJ.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acompanhado do seu advogado Cristiano Zanin, deixa a sede do Instituto Lula, após prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro - 05/04/2018 (Felipe Rau/Estadão Conteúdo). O advogado Cristiano Zanin Martins visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) neste domingo na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba.


Em uma rápida entrevista concedida na saída da superintendência, Zanin disse que o ex-presidente estava “bem”. Muito questionado pela imprensa, ele limitou-se a dizer que considerava todo o processo envolvendo Lula um processo político e que esperava uma reversão no Supremo Tribunal Federal. “A condenação e a prisão não são compatíveis com nossa legislação”, disse.


A página oficial do ex-presidente também veiculou a fala do advogado reafirmando que Lula está bem, porém indignado com a situação. O advogado também reafirma que a prisão foi feita sem embasamento jurídico. “Temos expectativa de que em um futuro próximo possamos reverter [a decisão]”, conclui. Veja o vídeo abaixo:


O petista está preso desde a noite de sábado (7), em uma cela especial no quarto andar do prédio em cumprimento a ordem de prisão expedida pelo juiz Sergio Moro.


Novas outras visitas que Lula receberá na PF nos próximos dias, segundo a defesa do petista, serão organizadas nesta segunda-feira. Sobre os próximos passos para tentar reverter à prisão, a defesa informou que ainda não definiu o plano que seguirá após a detenção. Lula foi condenado a doze anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).


Uma das estratégias dos defensores é tentar pautar no Supremo Tribunal Federal (STF) duas ações declaratórias de Constitucionalidade que têm o potencial de mudar o entendimento da corte sobre prisão após a segunda instância e, por consequência, permitir que o petista recorra em liberdade.


Fonte revista Veja.

 
 
 

Liquigás Distribuidora realiza concurso público


As provas objetivas ocorrerão no dia 27 de maio
 

A Liquigás Distribuidora – empresa do Sistema Petrobras que atua no envase e na distribuição de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) – está com inscrições abertas entre os dias 28 de março e 17 de abril para o Processo Seletivo Público (PSP 01/2018). Ao todo, serão oferecidas 99 vagas em 48 diferentes polos de trabalho, em 19 estados brasileiros e no Distrito Federal.
São 79 vagas para candidatos de nível médio; 18 vagas para candidatos de nível superior, e 2 para candidatos de nível fundamental completo. Os salários variam de R$ 1.321,09 a R$ 4.894,08, dependendo do nível de escolaridade exigido.


Entre outros benefícios oferecidos pela Liquigás estão: vale gás, tíquete refeição ou refeitório no local, tíquete alimentação, assistência médica, vale transporte, convênios farmácia e odontológico, seguro de vida em grupo, plano de previdência, auxílio funeral, auxílio a filhos excepcionais, creche e adicional por tempo de serviço.

Cronograma do concurso

As inscrições poderão ser realizadas no site da Fundação CESGRANRIO entre os dias 28 de março e 17 de abril de 2018. As provas objetivas para todos os cargos ocorrerão no dia 27 de maio de 2018. Os resultados serão divulgados no dia 5 de julho de 2018.

É primordial que o candidato verifique, antes de pagar a taxa de inscrição, se atende aos requisitos exigidos para o cargo pretendido, como previsto no edital. O valor da inscrição é de R$ 37,00 para cargos de nível fundamental completo, R$ 47,00 para cargos de nível médio e R$ 67,00 para cargos de nível superior.

Sobre a Liquigás

A Liquigás, uma empresa do Sistema Petrobras, é líder no mercado de botijões de gás de até 13 kg e uma das maiores distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) do Brasil. Fornece gás para uso doméstico e industrial em embalagens de 8, 13, 20 e 45 kg, atendendo mensalmente em torno de 8 milhões de residências, por meio de uma rede de aproximadamente 5.000 revendedores. No segmento de GLP a granel, oferece produtos e serviços para diversos setores, como comércio, indústria, agronegócios e condomínios, atendendo a mais de 46.000 clientes no Sistema de Medição Individualizada e por volta de 20.000 nos diversos segmentos da economia brasileira, totalizando quase 35.000 instalações. A empresa conta atualmente com cerca de 3.100 funcionários e investe constantemente em tecnologia e inovações para garantir ao consumidor final um produto de qualidade, com segurança e responsabilidade social e ambiental.

Fonte: Assessoria de Imprensa

 
 
 

PSC ganha novas filiações em Sergipe

 

Com a chegada de novos filiados, o Partido Social Cristão (PSC) passou a ter maioria na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Além do Pastor Antônio, que já era integrante da sigla, o Partido Cristão passou a contar com os deputados Gilmar Carvalho, Paulinho Filho, Vanderbal Marinho e Capitão Samuel. O ato de filiação ocorreu nesta quarta-feira, 4, na sede da Associação de Engenheiros Agrônomos de Sergipe (AEASE), reunindo diversos políticos e lideranças de todo o Estado.

“O PSC sai desse evento fortalecido e passa a ser o maior partido político de Sergipe.

 

A partir de hoje, temos a maior bancada da Alese. Vamos fazer uma política coerente e com responsabilidade, mas cima de tudo, faremos oposição para mostrar que é possível fazer de Sergipe um estado melhor”, destacou o deputado André Moura, que apesar de não ter confirmado, já é apontado como pré-candidato ao senado.
PP
André Moura comentou a migração do PP para o bloco governista e considerou a situação como algo natural da política. Os próximos passos ainda serão definidos, mas já é certo de que parte das lideranças políticas do PP se filie ao PSC. “Como Laércio Oliveira assumiu o comando do PP e é aliado de Jackson Barreto, também é natural que as lideranças políticas do PP nos acompanhem”, completou.


Por Verlane Estácio/Infonet

 
 
 

NAT abre mais 700 vagas em 10 turmas gratuitas

Inscrições estarão abertas a partir de hoje, quinta-feira
 

A partir desta quinta-feira, 5, o Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT) da Secretaria de Estado da Inclusão Social (Seidh) abre novas inscrições para as oficinas de qualificação profissional que irão acontecer no mês de maio. Desta vez, serão 10 cursos de curta duração, somando um total de 700 vagas - 150 a mais que no mês de abril. Todas as oficinas são gratuitas e destinadas para quem busca se capacitar para se inserir ou recolocar no mercado de trabalho.

As inscrições serão realizadas durante o mês de abril e as oficinas acontecerão entre os dias 14 e 30 de maio.


Serão ofertadas capacitações em Informática Básica e Avançada, Redação Oficial, Elaboração de Currículo, Atendimento ao Cliente, Direito Trabalhista Penal, noções de Saúde e Segurança do Trabalho, Atendimento ao Cliente, Rotinas Administrativas e Marketing Pessoal - todas elas com certificação ao final.
Segundo a coordenadora estadual do Trabalho e Emprego da Seidh, Sandra Magna Rezende, o aumento do número de vagas em relação a abril foi graças à alta procura das últimas edições. "Começamos ofertando 550 vagas e logo se esgotaram, então buscamos novas parcerias com o Sergipetec e a Universidade Federal de Sergipe para oferecer mais cursos para quem busca qualificação profissional e novas oportunidades de trabalho", explica. Sandra ainda lembra que, além de gratuitas, as oficinas são de curta duração justamente para quem não tem tempo ou dinheiro para se deslocar por longos períodos.
O secretário José Carlos Felizola afirma que os cursos são grandes oportunidades para que os usuários do NAT possam ampliar suas chances de ingresso no mercado de trabalho. “Muitas vezes as empresas ofertam vagas exigindo um determinado perfil que demande maior capacitação. Então é importante que as pessoas que buscam uma colocação profissional aproveitem para se qualificar o máximo que puderem, conquistando maiores chances de preencher os requisitos exigidos”, pontuou.
Os interessados em participar das oficinas devem fazer a inscrição na sede do NAT, a partir desta quinta, dia 05, na Rua Santa Luzia, nº 680, bairro São José. Os documentos necessários são carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, Carteira de Trabalho, laudo médico e CID (no caso de pessoas com deficiência). Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (79) 3222-6242 e 3222-6949.


Fonte: Seidh

 
 
 

Festival de Artes Cênicas ocorre até 29 de abril


Todas as oficinas são gratuitas
 

O IV Festival Sergipano de Artes Cênicas está repleto de atrações. Além dos espetáculos que serão apresentados ao público, a programação desta edição traz alguns projetos inéditos, selecionados através da categoria de demanda espontânea e oficinas diversas, voltadas para profissionais da área. Promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com patrocínio do Funcart e apoio do Conselho Estadual de Cultura, o evento reúne 24 atividades, entre os dias 27 de março a 29 de abril.


Interessados em participar devem enviar um e-mail para oficinasfesac@gmail.com e solicitar a ficha de inscrição, com exceção do projeto Transvisualidade, o qual terá suas inscrições realizadas pelo próprio palestrante; e a oficina ‘O contato e a improvisação como dispositivos acionadores de interações entre os sujeitos e os processos criativos’, que receberá inscrições por meio da Secretaria de Cultura de Simão Dias.
Mais informações podem ser obtidas no site da Secult, www.cultura.se.gov.br ou pelo telefone (79) 3198 – 7806. Todas as oficinas são gratuitas.


Fonte: Secult

 
 
 
 

3ª edição do Forrozão 2018 em Aracaju

 

A escolha do novo espaço remete a valorização da cultura sergipana, explorando a beleza e a história do conjunto arquitetônico presente no Centro Histórico de Aracaju, proporcionando uma noite que unirá diversão e arte.

Em relação à musicalidade, o forró tradicional e eletrônico estarão em destaque nessa 33ª edição do evento, para atender os diversos públicos. A programação do Forrozão terá 08 atrações e 06 participações, além do ritmo do arrocha que é bastante apreciado pelo povo de Sergipe.


Entre as atrações que animarão o Forrozão: Saia Rodada, Luan Estilizado, Márcia Fellipe, Jonas Esticado, Adelmario Coelho, Devinho Novaes, Calcinha Preta e Unha Pintada. E as participações convidadas são: Allanzinho Playboy, Rojão Diferente, Zé Tramela, Farra de Barão, Mulheres Perdidas e Thales Lessa.
Serão duas áreas para os forrozeiros curtirem a Abertura dos Festejos Juninos de Sergipe: Pista e Camarote Front Stage.


O valor do primeiro lote promocional ao acesso à Pista custa R$ 10,00 (meia-entrada) e R$ 20,00 (inteira) + 1 kg de alimento não perecível (exceto sal) e ao Camarote Front Stage custa R$ 80,00 (meia-entrada) e R$ 160,00 (inteira).

Vale lembrar que o primeiro lote é limitado e pode ser adquirido nos seguintes pontos de venda: Auto Peças Macedo (Siqueira Campos / Hermes Fontes), Litoral 655 (Shopping Jardins), Clube Melissa (Shopping Riomar), Kcell (Shopping Prêmio / Centro), além da venda online através do site www.guicheweb.com.br/ingressos/7955.

A empresa Teo Santana Produções e Eventos assina a organização do evento realizado pela TV Sergipe, G1 e FM SE. Esperamos por vocês no Forrozão, afinal viver a sergipanidade “Juntinho é bem melhor”.
 

 
 

Audiência pública vai discutir a importância dos museus

A proposta é da senadora Maria do Carmo

 

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal, aprovou nesta terça-feira, 3, Requerimento de autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM) para a realização de audiência pública sobre a importância de se instituir o Dia Nacional do Museu.
“O Conselho Internacional de Museus (Icom) tem lançado, a cada ano, um tema global que incentiva os museus espalhados pelo mundo a realizarem exposições e debates culturais inspirados em temas que envolvem as particularidades de cada país”, explicou Maria, ao defender a sua propositura.


Ela acrescentou que o dia é celebrado por instituições como “a Unesco que reconhece os museus como promotores do livre fluxo de conhecimento e ideias e como parceiros na construção da paz no imaginário da população global”.


De acordo com Maria, é conveniente realizar audiência para debater a importância de, a exemplo da data internacional, instituir, por Lei, o Dia Nacional do Museu. “Consideramos que uma data nacional prestigiaria e promoveria os museus, tão importantes para expor a diversidade cultural brasileira, promover a tolerância, a educação e a cultura em nossa sociedade”, argumentou a parlamentar sergipana.


Ainda não há data definida para a audiência, mas Maria apresentou algumas sugestões de autoridades que devem participar da discussão. Entre os nomes apontados estão o de Marcelo Mattos Araújo, presidente do Instituto Brasileiro de Museus; Maria Ignez Mantovani Franco, do Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus; Rita de Cassia Mattos, presidente do Conselho Federal de Museologia; Ângela Gutierrez, membro do Conselho Consultivo do Patrimônio Museológico; Simone Monteiro Flores, membro do Comitê Gestor do Sistema Brasileiro de Museus e da Rede de Museus e Coleções Universitárias, além de Ézio Déda, diretor Superintendente do Instituto Banese e Museu da Gente Sergipana.


Fonte: Assessoria parlamentar

 
 
 

Edvaldo Nogueira: com o apoio de André Moura,

realizaremos o Forró-Caju em 2018

 

O prefeito Edvaldo Nogueira anunciou, na manhã deste sábado, 24, através das redes sociais, que a prefeitura de Aracaju realizará o Forró-Caju neste ano. A festa será viabilizada pelo apoio do governo federal, através do seu líder no Congresso Nacional, o deputado federal André Moura. Em reunião com o prefeito nesta manhã, o parlamentar assegurou a liberação de mais de R$ 3,7 milhões, recursos que serão utilizados tanto no tradicional arraiá que é montado na praça dos mercados centrais, quanto na realização de festejos nos bairro, na Rua São João e na Praça General Valadão.


“Tivemos uma reunião muito produtiva neste sábado. O deputado André Moura garantiu os recursos de mais de R$ 3 milhões para o Forró-Caju. Assim, já podemos garantir que a festa irá acontecer neste ano. Esta é uma notícia boa para os aracajuanos. A festa do nosso coração, da nossa identidade, que anima a todos nós, voltará a acontecer. E agora com novidades: além do forró na praça dos mercados centrais, também teremos festa em alguns bairros e a prefeitura, através destes recursos, ajudará na realização dos festejos da Rua de São João”, afirmou o prefeito.

O deputado federal André Moura destacou que a liberação dos recursos para o Forró-Caju representa “o coroamento” da parceria administrativa entre governo federal e Prefeitura de Aracaju. “Tivemos uma reunião extremamente positiva, na qual anunciei ao prefeito que o nosso mandato conseguiu a liberação de R$ 3 milhões para o Forró-Caju, que é a festa da nossa tradição, cultura e raiz, e mais R$ 750 mil para a realização do Forró da Rua São João e para realizar o São João nos bairros da capital”, disse.

Mais recursos


Ainda no encontro deste sábado, André assegurou a liberação de recursos para a reforma de praças na cidade e para a realização da obra de urbanização da Ponta da Asa, no bairro Santa Maria. Outra importante conquista para Aracaju, viabilizada pela parceria entre Edvaldo e André, foi à garantia de verba federal para o programa “Cartão-Reforma”. “Aquilo que foi apresentado pela Prefeitura junto ao Ministério das Cidades para que as pessoas de algumas localidades de baixa renda da cidade tenham acesso a recursos para reformar as suas casas será liberado”, explicou o parlamentar.

Edvaldo ressaltou que a parceria entre prefeitura e governo federal tem dado grandes resultados. “Mais uma vez afirmo de maneira muito consciente: eu como prefeito e André como líder do governo federal estamos dando uma lição de como se faz política com P maiúsculo. Aqui não discutimos política. Discutimos Aracaju e os benefícios para a nossa gente. Obras e serviços que corriam risco de não serem realizados tiveram a fundamental ajuda de André para a liberação dos recursos”, reiterou.

Foto – PMA

 
 
 

Artistas vão agitar Feijoada Beneficente do Externato

São Francisco de Assis
 

O Externato São Francisco de Assis comemora 54 anos e vai celebrar a data com uma feijoada beneficente que será realizada a partir das 13h do sábado, dia 5 de maio, na sede da instituição. A festa vai contar com shows e participações especiais dos cantores Marlus Viana, Thiago Sol, Fábio Lima, Mário Forró e do maior imitador do Brasil, o humorista alagoano Marlon Rossy.


O ingresso que dá acesso à festa com direito a feijoada custa R$ 25 e pode ser adquirido na sede do Externato São Francisco de Assis, situado na Avenida Edézio Vieira de Melo, 585, no Bairro Suíssa em Aracaju. Outras informações através dos números (79) 3224-3509 ou 99158-6400.

O evento vai contar ainda com bazar, artesanato, rifa, pescaria e barracas com doces e salgados. A feijoada tem realização do Externato São Francisco de Assis com apoio da RD Produções, Navarro Comunicação e Infographics.
 

Serviço


Feijoada Beneficente
Local: Externato São Francisco de Assis
Data: 5 de maio, a partir das 13h
Valor: R$ 25
Shows: Marlus Viana, Thiago Sol, Fábio Lima, Mário Forró e Marlon Rossy
Assessoria de Imprensa: Navarro Comunicação / Jornalista Fredson Navarro
Produção: RD Produções / Ricardo Douglas

 
 
 

Maristela Niz será cidadã aracajuana

 

A jornalista Maristela Niz receberá hoje o título de cidadã aracajuana, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju, a partir das 17h. O pedido foi do vereador Isac Silveira (PCdoB).

Repórter da TV Sergipe, Maristela é paulista, da cidade de Santo André, mas mora em Aracaju desde a adolescência. Foi aqui que ela estudou, se formou e trabalha de forma íntegra e com grande competência, nas funções de repórter e apresentadora de um dos maiores veículos de comunicação do estado de Sergipe.

 
 
 

Contas do Estado de Sergipe estão bloqueadas


Estado informou que recorreu da decisão

 

Em nota, o Governo do Estado disse que assim como procedeu com outros Estados da Federação, a STN alegou existir um possível descumprimento de cláusulas referentes ao contrato de renegociação de dívidas com a União relativas à Lei 9.496/97.

 

O Governo explicou também que bloqueios parecidos já foram questionados no STF pelos estados de Minas Gerais, Pará e Alagoas, os quais conseguiram decisões favoráveis; e que vem trabalhando, desde o feriado, para reverter à situação, o que, infelizmente, ainda não foi possível. O Governo de Sergipe disse também que aguarda o sorteio do ministro relator do caso.


O Estado, que foi surpreendido com a decisão na última quinta-feira, 29, revelou que diante das consequências que esse bloqueio provoca, está buscando as medidas jurídicas necessárias no sentido de reverter à decisão da Justiça, assim como vem mantendo contatos com a STN e o Banco do Brasil com o objetivo de esclarecer as causas que motivaram o bloqueio das contas e demonstrar o correto cumprimento do contrato de renegociação, esperando no mais breve espaço de tempo solucionar a questão.


Com informações do Governo do Estado

 
 
 

 

 
 

'Declare Certo' começa hoje em Sergipe
 

O Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas e das Empresas dos Serviços Contábeis do Estado de Sergipe – SESCAP/SE e a FENACON, com o apoio do Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe – CRC/SE, Academia Sergipana de Ciências Contábeis – ASCC, PVCC – Programa de Voluntariado da Classe Contábil, Sindicato dos Contabilistas do Estado de Sergipe - SINDCONT/SE e o Questor Sistemas Inteligentes estarão realizando a semana do DECLARE CERTO. O evento está na sua segunda edição e acontecerá período de 02/04 na segunda feira e vai até o dia 06/04 (sexta feira) seis de abril de 2018, no Shopping Jardins.

 

Essa campanha tem como objetivo orientar com clareza e sanar todas as dúvidas gratuitamente sobre a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física.


Este ano a campanha será novamente em parceria com o Shopping Jardins, onde teremos profissionais qualificados para orientar e tirar as dúvidas de como proceder e o que declarar para a Receita Federal, nos horários das 10h às 22hs ininterruptamente.

Os Contribuintes que ainda não elaboraram as suas declarações e que estão com dúvidas devem comparecer para sanar as suas dúvidas, diz Josevaldo Mota que é Diretor de Eventos do Sindicato das Empresas de Contabilidade de Sergipe - SESCAP/SE. “Mais informações 79 998624406”.

 

 
 
 
 

Rede Ebserh lança concurso com 1.196 vagas

O candidato pode escolher até três locais para trabalhar
 

A Rede Ebserh abriu concurso público nacional com 1.196 vagas para 35 hospitais universitários federais, além da sede da estatal vinculada ao Ministério da Educação. A novidade do concurso é o formato, dividido por região. Na nova configuração, o candidato pode escolher até três opções de unidades da Rede Ebserh para sua lotação. As inscrições para as áreas assistencial e administrativa se iniciam no dia 27 de março e no dia 28 para médicos, prazos retificados em edital. O prazo para todos se encerra no dia 10 de abril.São 339 vagas para médicos de 83 especialidades como anestesiologia (13), cirurgia pediátrica (13), medicina intensiva (18), neonatologia (13) e clínica médica (9), dentre outras.


Na área assistencial são 713 vagas, incluindo 137 enfermeiros e 413 técnicos em enfermagem. Na área administrativa são 144 vagas, incluindo 75 assistentes administrativos, 11 analistas de tecnologia da informação e 11 técnicos em contabilidade.

O concurso, realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/Cebraspe), servirá principalmente para a reposição dos cargos que estão vagos e já esgotaram o cadastro de reserva nos certames anteriores promovidos para cada uma das unidades. Os aprovados serão contratados sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Em todo o território nacional, a Rede Ebserh já conta com mais de 25 mil empregados, tornando-a a quinta maior estatal do país.

Para o presidente da Rede Ebserh, Kleber Morais, a força de trabalho comprometida e qualificada proporciona aos hospitais da Rede os avanços e melhorias necessários para um atendimento de saúde de qualidade, aliado ao ensino e à pesquisa. “Por sermos uma rede de hospitais de ensino, temos um compromisso de formar com excelência profissionais de saúde, além de oferecer uma assistência médica para a população mais carente do nosso país”, salientou.

Acesse os editais normativos no site da Ebserh.

Sobre a Ebserh

Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 39 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Com informações da Ebserh

 
 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DA QUINZENA

 

 
 
 

Projeto Dom Helder Câmara será debatido no Incra

No Estado, 4.372 são atendidas pelo projeto 40 municípios
 

A nova fase do Projeto Dom Helder Câmara, iniciada em outubro de 2017, passou a envolver a parceria dos governos estaduais e suas empresas de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). O coordenador-geral do projeto, Rodrigo Almeida, tem visitado os Estados da área de abrangência para alinhar ações e fazer uma prestação de contas do que tem sido feito.
Na próxima terça-feira, 3, às 14h, Rodrigo Almeida estará na Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário de Sergipe para encontro com extensionistas, prefeitos e sociedade civil. No Estado, 4.372 são atendidas pelo Dom Helder em 40 municípios.


De acordo com o coordenador-geral, que também é delegado da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) em Pernambuco, esta etapa é consequência da evolução do projeto, implantado em 2001, a partir de um acordo de empréstimo com a entidade internacional Fida (Fundo de Desenvolvimento para a Agricultura), em parceria com o Governo Federal.
O Dom Helder é um programa de ações referenciais de combate à pobreza e apoio ao desenvolvimento rural sustentável no Semiárido. Ele está embasado no conceito de convivência e articulado de acordo com as dimensões sócio-políticas, ambientais, culturais, econômicas e tecnológicas por processos participativos de planejamento, gestão e controle social.
Seu objetivo é contribuir para a redução da pobreza rural e das desigualdades no semiárido, mitigando os efeitos causados pelas condições climáticas adversas por meio da integração de políticas públicas federais, estaduais e municipais.
A área de abrangência do Dom Helder inclui 913 municípios de 11 Estados brasileiros: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Os municípios que integram a área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene)


Fonte: Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário de Sergipe

 
 
 
 
 
 

Aumente a visibilidade da sua marca e fique plugado no que há de mais moderno e inovador na “Agência Sergipe”, nós criamos seu Banner virtual e anúncios em vários tipos de Mídia. Sua Marca aparecerá no site (e todos os Links relacionados), além disso, temos Whatsapp (82 Unidades), Facebooks (10 Unidades) e o mais novo Conceito em Mídia Mundial, o “Hipermedia” (Televisões espalhada em toda a cidade), que faz seu Marketing diariamente horas por dia. O preço é quase insignificante. Mas não é só isso, você estará no site especializado em SERGIPE, pois é uma referência em Informações para os Sergipanos e Turistas, assim nós somos mais atraentes e impactantes. Faça só um contato e iremos até você. Apareça no portal com a maior visitação em Sergipe.
São milhares de pessoas acessando conteúdo da Agência Sergipe todos os dias e você precisa ser visto por elas. Crie agora mesmo seu anúncio e garanta seu sucesso! E tem mais! Você mostrará sua SERGIPANIDADE, pois esse Portal é nosso por direito...